Não basta aumento de 16,38%, juízes querem manter auxílio moradia

Encerramento do Xi Encontro Nacional do Poder Judiciário

Da redação – O ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, afirmou ser “insuficiente” o aumento salarial de 16,38% em troca do auxílio moradia. Quem entra agora na pauta para a compensação deve ser o auxilio alimentação, cuja votação está marcada para o dia 12 de setembro.

Segundo Toffolli: “as entidades sustentam que as perdas salariais acumuladas chegam a 40% por causa da inflação, e que o índice de 16,38% é insuficiente para compensá-las. O pagamento irrestrito do auxílio-moradia a toda a magistratura é feito desde 2014 por força de uma liminar de Fux”.

Enquanto o aumento do salário mínimo para 2019 deve se resumir a 4,61%, de R$954 para R$998, o salário dos ministros do stf, cujo valor bruto é de R$ 33.763, com aumento o de R$5530 (16,38%), atingirá o valor de R$39.293. Esse é o valor considerado “insuficiente” por Toffolli.

É desses absurdos que se constroem as instituições burguesas. As mesmas que efetivam o golpe, a política imperialista de terra-arrasada sobre solo brasileiro. As mesmas que mantem Lula preso injustamente, impedido de fazer campanha eleitoral, mesmo sendo o candidato a presidência mais popular do pais. Por isso, só a força do povo mobilizado nas ruas tem poder de derrubar o golpe e todos os golpistas que regem hoje seus desmandos sobre o Brasil.