8 de maio de 1945: levante de Praga liberta a cidade dos nazistas

levante praga

O Levante de praga foi uma reação popular, coordenada por grupos de Partizanos Comunistas Tchecos, associada a presença de forcas militares aliadas, que através de um enfrentamento sangrento ao longo de 5 dias (5 a 9 de maio), contiveram o comando nazista na cidade e impulsionaram a resistência contra o Nazismo em território Tcheco-Eslovaco.

O processo do levante, ocorrido ao longo de 5 dias, começou com uma transmissão de rádio em tcheco, língua banida durante o período da ocupação. A transmissão chamou o povo a tomar as ruas, vandalizar símbolos alemães nazistas. O Marco alemão parou de ser aceito no comercio e transportes públicos, soldados e comerciantes foram mortos, e nos subúrbios já começara o enfrentamento franco.

Varias barricadas foram erguidas na cidade, e embora houvesse uma escassez de armamento da parte dos revoltosos, isso foi compensado pelo apoio a sua ação e pelo seu altíssimo numero frente as tropas nazistas. Nesse quadro, destacamentos nazistas próximos foram deslocados a cidade para conter o levante. Durante o final do primeiro dia, foram feitos pelo radio apelos, em russo e inglês, para que as forças aliadas viessem em socorro ao movimento do levante.

O segundo dia foi marcado pela chegada de reforços alemães e pela chegada de reforços do exercito vermelho. Não houve apoio do terceiro exercito Norte americano. Nesse dia a cidade já estava tomada por barricadas, e , com o auxilio russo, boa parte dos exércitos alemães foram desarmados e presos.

Exemplo de barricadas construídas na cidade.
Exemplo de barricadas construídas na cidade.

Praticamente derrotados, durante o dia 7, os insurgentes e o exercito vermelho concedeu um período de cessar fogo para que os grupamentos nazistas pudessem organizar sua rendição, mas os comandos aproveitaram esse intervalo para convocar mais tropas para a cidade. O ataque desses novos soldados foi muito mais agudo, usando tanques pesados e civis como escudos humanos. Alguns grupamentos de insurgentes, que haviam sabido do cessar fogo durante o dia, foram pegos de surpresa, gerando muita confusão.

No dia 8, com vários grupamentos nazistas isolados na cidade, com parte dos partizanos e insurgente ainda confusos a respeito do que fazer, foi construído durante o dia um acordo onde haveria o cessar fogo, e as tropas alemãs sitiadas poderiam deixar a cidade em segurança, liberando praga do controle nazista.

No dia 9, o avanço das tropas de aliados na cidade trataram de neutralizar as forças nazistas restantes, e dando conhecimento geral ao acordo firmado no dia anterior, sedimentando o levante.

O conflito foi muito intenso, com muitas denuncias de crimes de guerra por parte dos dois lados envolvidos. Houve um reconhecimento do apoio do exercito vermelho, o que resultou em uma boa dose de propaganda do regime Stalinista. Apos a segunda guerra, o território estabeleceu um governo presidencialista que foi tomado por um golpe de estado em 1948, que resultou num governo comunista alinhado a União Soviética. O Governo comunista foi derrubado em 1989 durante a Revolução de Veludo, que restabeleceu o regime presidencialista.

O levante criou a figura de um mito nacional do levante e dos seus protagonistas, usado amplamente ao longo do tempo como propaganda por todo o espectro politico. Muitos dos participantes do levante foram eliminados ao longo do tempo e das mudanças de regime, restando uma serie de historias sobre o nacionalismo e sobre a soberania.

Contudo, a grande lição que fica é que a organização do povo, e o apoio do estado operário são capazes de empreender uma mudança real da situação de esmagamento que a guerra imperialista impõe. Uma lição para ser aprendida, e muito pertinente frente ao nível de ataques que o governo golpista vem aplicando ao trabalhador brasileiro e suas organizações.