Nacional
Novas regras do governo confundem e retiram o direito ao auxílio de grande parte da população
Revista Veja
Matéria: Presidente da República recebe os novos Embaixadores
Personagem: Jair Bolsonaro, presidente da República
Foto: Cristiano Mariz
Data:04/06/2019
Local: Palácio do Planalto-  Brasília - DF
Bolsonaro | Foto: Reprodução
Revista Veja
Matéria: Presidente da República recebe os novos Embaixadores
Personagem: Jair Bolsonaro, presidente da República
Foto: Cristiano Mariz
Data:04/06/2019
Local: Palácio do Planalto-  Brasília - DF
Bolsonaro | Foto: Reprodução

As novas regras do auxílio emergencial farão com que cerca de 6 milhões de pessoas deixem de receber o auxílio emergencial até o fim do ano. As regras são confusas e de difícil entendimento para a população.

Nas novas regras, quem recebeu o auxílio em abril, tem direito a 4 parcelas do auxílio no valor de R$ 300,00, quem recebeu a partir de maio tem direito a 3, quem recebeu a partir de junho tem direito a mais 2 e quem recebeu a partir de julho tem direito a apenas uma parcela.

O governo também retirou o auxílio de quem recebe o Bolsa Família e havia trocado o benefício por conta de o auxílio emergencial ser maior.

Relacionadas
Send this to a friend