EUA mantêm cerca de 500 brasileiros em prisões

brasileiros

Da redação – O hino dos EUA deve ser atualizado de “terra dos livres e lar dos bravos”, para “governo fascista que trata imigrantes como animais”. Afirmamos isso por conta da denúncia internacional desde ontem, 21, onde, 500 brasileiros estão em prisões dos EUA sob acusação de violar as leis de imigração do país.

Segundo as informações fornecidas pelo Departamento de Segurança Internacional, 207 presos já estão com as ordens de deportação em processo final de cumprimento e os demais aguardam o julgamento final. Muitos tentam adiar com a apresentação de recursos, pedidos de libertação sob fiança, mas com a atual política fascista do governo, os imigrantes estão sendo extraditados.

Parece loucura que um país que se diga “a terra da liberdade”, prenda crianças, extraditem seus pais e mantenham as mesmas em gaiolas. Porém, esse é o nível de fascismo em que o sistema capitalista dos EUA chegou na imensa crise atual.