Plantação destruída
Grupo de fazendeiros e capangas armados e encapuzados invadiram acampamento atacando famílias e destruindo a produção em uma área pronta para a desapropriação.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Usina Perobal-1
Usina de Perobal, Sabarálcool, tem passivo trabalhista gigantesco e terras prontas para desapropriar | Foto: reprodução.

Desde o começo do dia cerca de 50 famílias Sem Terra do acampamento Valdair Roque, estão sendo alvo de um brutal ataque por fazendeiros e seus capangas em Quinta do Sol na região da Fazenda Santa Catarina.

Cerca de 14 homens armados e encapuzados invadiram o assentamento e sob comando de Victor Vicari Rezende, que se intitula proprietário da área, atacam os moradores e destroem suas plantações, que já estavam em fase de colheita.

A área, na verdade, é de propriedade da Usina Sabarálcool, que acumula um grande passivo jurídico com cerca de 964 ações trabalhistas, somente na comarca de Campo Mourão. Segundo o advogado das famílias, Humberto Boaventura, já há a indicação de desapropriação da área para uso em função social da terra por conta de seu passivo, havendo recomendação do Ministério Público Federal para o Incra destinar a área definitivamente às famílias da comunidade.

As plantações destruídas ainda fazem parte de projeto social desenvolvido pela comunidade e MST para doação de alimentos às famílias da região, como a doação feita em 07 de maio em que mais de uma tonelada de alimentos foram entregues à Santa Casa e ao Comitê de Apoio às Pessoas em Situação de Risco Social do campus de Campo Mourão da Universidade Estadual do Paraná (Unespar).

A comunidade pede a denúncia das ações e compartilhamento pelas redes sociais:

‼ NO PARANÁ, COMUNIDADE VALDAIR ROQUE PEDE SOCORRO!Neste momento, as 50 famílias do acampamento Valdair Roque, de…

Posted by MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra on Friday, July 3, 2020

Horta comunitária do acampamento Valdair Roque, no Paraná. Foto: Wilian Pires/MST-PR
Trator destruindo lavouras do acampamento Valdair Roque, no Paraná. Foto: MST
Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas