400 mil impedidos de votar em SP: direita não tem voto então impede o povo de ir às urnas

4035726

Terminou nesta quarta-feira(09) o prazo para o cadastramento biométrico obrigatório, determinado pela justiça eleitoral, em 84 cidades do Estado de São Paulo. Com essa medida estima-se que cerca de 400 mil cidadãos poderão ter um de seus direitos políticos mais fundamentais, o de candidatar-se às eleições e ar mesmo o de eleger seus representantes, completamente eliminado, tendo seus seus títulos cancelados pelo Tribunal Superior Eleitoral, o que poderá impedir a participação nas possíveis eleições deste ano.

Feita através de uma campanha invisível, o TRE estabeleceu um prazo para a população dirigir-se ao cartório eleitoral para realizar o cadastro biométrico, sem o qual a Justiça Eleitoral quer impedir a manifestação elementar da cidadania da soberania popular. Uma parte enorme do eleitorado das 84 cidades escolhidas, no entanto , não conseguiu comparecer ao cartório eleitoral a tempo, devido a inexistente campanha da justica, muitas pessoas nem mesmo tomaram conhecimento da necessidade de tal medida.

Essa medida antidemocrática e burocrática do TRE levou a situações verdadeiramente escandalosas, para além do número total de pessoas, cidades como Guarulhos segundo maior Colégio eleitoral do Estado, e Sorocaba tiveram enorme redução do eleitorado. Em Guarulhos, 17,1% do eleitorado pode ter seus direitos políticos retirados. De um eleitorado de 955.381, mais de 160.000 eleitores não foram cadastrar-se e o TRE quer impedir que exerçam seus direitos políticos. Em Sorocaba mais de 90.000 pessoas podem ficar sem direitos políticos.

Logicamente, que essa situação relaciona-se ou melhor atende aos interesses do golpe de Estado e da burguesia golpista. A direita e a burguesia manobram o regime político e as instituições para impedir que a população exerça de fato seus direitos democráticos, mesmo aqueles previstos pelo regime político. Com o golpe de Estado passam a uma verdadeira caçada aos direitos do povo.

A burguesia golpista não é popular e para vencer qualquer eleição utiliza-se amplamente da fraude. Essa eleição, porém, dominada pelos golpistas, caso ocorra, será ainda mais fraudulenta. A medida do TRE demonstra que a burguesia quer criar uma situação favorável para seus candidatos em todos os líderes e manobra neste sentido.

A Justiça Eleitoral quer impedir o direito sagrado do povo de exercer sua soberania e seus direitos políticos, sob um cínico argumento burocrático. O direito ao voto é absoluto e inalienável e não pode ser retirado por nenhum tribunal, e um crime contra o povo cometido por elementos que não representam a população, que não foram eleitos e que seu “poder emana” de um setor minoritário e antidemocrático do país.

Veja abaixo as cidades que tiveram cadastramento obrigatório:

Aguaí
Altinópolis
Araçoiaba da Serra
Areias
Auriflama
Bilac
Botucatu
Cabrália Paulista
Caiabu
Cananéia
Canitar
Catanduva
Chavantes
Coronel Macedo
Cunha
Descalvado
Divinolândia
Elisiário
Floreal
Gabriel Monteiro
Gastão Vidigal
General Salgado
Guará
Guarani D’Oeste
Guararapes
Guarulhos
Guzolândia
Indiana
Indiaporã
Inúbia
Itatinga
Jeriquara
João Ramalho
Junqueirópolis
Lagoinha
Lucélia
Macedônia
Magda
Martinópolis
Meridiano
Miguelópolis
Mirante do Paranapanema
Monções
Monte Azul Paulista
Nhandeara
Nova Castilho
Nova Luzitânia
Ocauçu
Oriente
Ouroeste
Paraíso
Pardinho
Pedranópolis
Pedregulho
Piacatu
Piquerobi
Piquete
Piratininga
Pracinha
Quatá
Queluz
Regente Feijó
Ribeirão do Sul
Ribeirão dos Índios
Rifaina
Rubiácea
Salto de Pirapora
Salto Grande
Santa Cruz das Palmeiras
Santa Rita do Passa Quatro
Santo Anastácio
Santo Antônio da Alegria
São João de Iracema
São Luís do Paraitinga
São Sebastião da Grama
Sorocaba
Taciba
Tambaú
Taquarituba
Terra Roxa
Várzea Paulista
Vera Cruz
Viradouro
Votorantim