Medicamento curou 1500 pessoas
Enquanto o neoliberalismo mata pelo descaso, Cuba salva em velocidade recorde e mesmo estando isolada
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
cuba (1)
fonte: reprodução |

Na contra mão da crise dos grandes países imperialistas frente ao caos do coronavírus, Cuba conquistou mais uma vez uma vitória na criação do medicamento Interferon alfa 2B hu-rec conjulgado a polietilenoglicol (IFNrec), que é comercializado com o nome de PEG-Heberon e já curou 1500 pessoas na China. A notícia de quinta-feira (12), demonstra que o fármaco desenvolvido pelo Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia (CIGB) de Havana, e comercializado por BioCubaFarma, grupo da Indústria Biotecnológica e Farmacêutica de Cuba, está sendo produzido na fábrica chinesa Chang-Heber, localizada na cidade de Changchun (China).

O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, destacou o uso do Interferon alfa 2B pelo governo chinês para combater o coronavírus 2019-nCoV:

“Nosso apoio ao governo chinês e ao povo em seus esforços para combater o coronavírus”, disse Miguel Díaz em sua conta no twitter;

Produzido desde o dia 25 de janeiro na fábrica chinesa, até o momento o medicamento é um dos 30 escolhidos pela Comissão Nacional de Saúde da China para curar a condição respiratória.

“O interferon alfa 2B tem a vantagem de que, em situações como essa, é um mecanismo para se proteger, seu uso impede que pacientes com a possibilidade de agravar e complicar cheguem a esse estágio e, finalmente, tenham a morte como resultado”, disse Luis Herrera Martínez, consultor científico e comercial do grupo de negócios BioCubaFarma ao Granma.

Aqui devemos observar o quanto a burguesia está desinteressada em cuidar do povo trabalhador, pois, como pudemos notar em diversas declarações dos governantes direitistas no Brasil, as medidas adotadas não são sérias. O governo de extrema direita na presidência, tanto quanto seus seguidores nos estados, deveria gastar o dinheiro roubado pelos banqueiros, empresários, e por eles mesmos no golpe de Estado de 2016, para fazer testes em toda a população, para criar parcerias com Cuba e produzir massivamente o medicamento aqui no país, mas não! 

As medidas adotadas pela direita não seguem a linha mais coesa, como da Coréia do Sul, que disponibilizou testes para todos. Seguem o caos dos EUA, sem saúde pública, matando o povo nas ruas pelo descaso do neoliberalismo, tentando desenvolver uma vacina que pode demorar 1 ano enquanto isolam Cuba na sua campanha assassina.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas