Fora Bolsonaro
Fazer das eleições uma tribuna de luta pelo Fora Bolsonaro
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
pco
Militantes do PCO em ato em S. Paulo | DCO

Ocorrerá no próximo final de semana, dias 15 de 16 de agosto, a 30ª Conferência Nacional do Partido da Causa Operária (PCO) em Embu das Artes, SP. Delegados de todo o Brasil foram eleitos em cada célula partidária e nesta semana começarão a se deslocar para São Paulo. A atividade será presencial, com os devidos cuidados de saúde, mas também será totalmente transmitida pela Causa Operária TV.

Fazer das eleições uma tribuna de luta pelo Fora Bolsonaro

Este será o tema da atividade, que terá como principal discussão o golpe de Estado de 2016 e a necessidade de derrotá-lo, representada neste momento na luta pela derrubada imediata do presidente ilegítimo Jair Bolsonaro e por novas eleições gerais.

Esse ponto, que é o fundamental na situação política, não pode ser ignorado no marco da mesquinha disputa eleitoral nos municípios, em que as eleições, neste ano, tendem a ser ainda mais manipuladas e fraudulentas.

O que o Brasil tem pela frente não é apenas um processo eleitoral como de costume, mas mais uma fraude em meio ao golpe de Estado. Os golpistas que estão no poder, querem impor todas as regras para controlar por inteiro o processo para que os partidos de esquerda percam ou não tenham nenhum espaço.

Isto é, a discussão na Conferência do Partido não será apenas eleitoral, no sentido da definição de quais serão os candidatos operários, mas também debaterá os grandes temas políticos.

A política municipal não é uma política em separado da política nacional. O PCO rejeita toda tentativa de esvaziar o conteúdo do debate eleitoral através da limitação da campanha à discussão de apenas problemas administrativos municipais.

Nenhum problema local pode ser resolvido por fora da luta política em curso no país. Pelo contrário, todos os problemas, locais, regionais e nacionais, são fruto da luta política e da divisão que o golpe de 2016 tornou mais escancarada devido ao aumento da polarização.

Portanto, o mais importante neste momento é aproveitar o momento das eleições, que é uma atividade nacional da de mais de 147 milhões de brasileiros, para voltar toda campanha política para a luta contra o golpe, contra Jair Bolsonaro, presidente golpista e ilegítimo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas