Campanha publicitária golpista
Governo Bolsonaro anuncia gasto de R$ 30 milhões em propaganda para divulgar ações de “retomada do país”
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
bolso
O presidente dos ricos, Jair Bolsonaro | Foto: Reprodução

O governo do genocídio dá mais uma demonstração do seu ódio pela classe trabalhadora. Em meio à pandemia, o governo fascista de Jair Bolsonaro anuncia campanha publicitária em que prevê gastar R$ 30 milhões para divulgar ações de “retomada do país” no campo econômico procurando reduzir a crise política deixada pela pandemia do coronavírus, onde mostrará um país que não existe.

A Secretaria de Comunicação (Secom) com o maior disparate afirmou que a campanha publicitária “justifica-se pela necessidade de renovar as esperanças do brasileiro para que voltem a acreditar no Brasil com otimismo, vislumbrando um futuro melhor”. A campanha muito provavelmente procurará mostrar um futuro melhor para os grandes capitalistas e para a classe média fascista, base do governo, pois para a classe trabalhadora, não haverá propaganda que conseguirá justificar a pior situação da classe trabalhadora em mais de 35 anos, salários reduzidos, desemprego de mais de 50% da mão de obra brasileira.

Ao mesmo tempo em que investe em publicidade para propagandear ações que só existem para o benefício do empresariado brasileiro, o governo Bolsonaro vetou uma campanha publicitária destinada a incentivar o uso de máscaras, no combate ao coronavírus, ou seja, age como assassino em série, não bastasse o limitadíssimo investimento de 100 milhões, que segundo vários órgãos de imprensa sequer se efetivou, na prática não investe nenhum centavo que possa minimamente garantir a vida da população. Mas nunca é demais lembrar que destinou 1,2 trilhões para os bancos, os verdadeiros amigos de seu governo e de seu parceiro, o também banqueiro Paulo Guedes. 

Enquanto a população brasileira sofre nas periferias com o aumento do desemprego, da fome  da miséria e de mais de 75 mil mortes, é jogada ao “Deus dará” pelo governo Bolsonaro, o mesmo procura avançar no processo de privatizações com ataques diretos à ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos), à Petrobras, assim como reduz os direitos trabalhistas em meio à pandemia, com reduções de salários e benefícios, servidores públicos também estão no olho do furacão com as propostas de reformas do Estado, para beneficiar os grandes conglomerados internacionais e aos grandes rentistas.

Para nós trabalhadores a saída também passa pela publicidade. Sim, a publicidade e a ação, de milhares de trabalhadores para por pra “Fora Bolsonaro e todos os golpistas”, única solução para dar perspectivas de futuro aos trabalhadores brasileiros. 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas