2ª Conferência contra o golpe discutirá como combater a direita

28abr2017---video-divulgado-nas-redes-sociais-mostra-momento-em-que-manifestante-e-atingido-por-policial-durante-protesto-em-goiania-contra-as-reformas-do-governo-federal-1493481901064_1429x735

Com a vitória de Jair Bolsonaro nas eleições fraudulentas desse último domingo (28), a extrema-direita usa o poder para ficar cada vez mais ofensiva, mostrando-se necessárioa organização da esquerda para derrotá-la. É nesse sentido, que a 2° Conferência Nacional Aberta de Luta Contra o Golpe e o Fascismo será um evento de extrema importantancia.

Os ataques provocados pelos bolsonaristas à classe trabalhadora vêm aumentando exponencialmente. No fim de semana das eleições, aconteceram vários casos como o do filho de uma liderança sindical assassinado a tiros durante uma manifestação pró-Haddad em Fortaleza, a deputada estadual eleita Ana Caroline Campagnolo (PSL) que abriu um canal de denúncias para fiscalizar os professores de esquerda, o ataque ao acampamento Marisa Leticia, etc.

Houve também diversos ataques violentos vindo da PM fascista que atirou balas de borracha e bombas de gás lacrimogênio na população contrária a Bolsonaro na frente do MASP em SP, agrediu uma jovem de 19 anos no Rio Vermelho (Bahia) deixando-a toda ensanguentada, entre vários outros casos de massacre ao povo.

Essas investidas se dão de forma covarde, contra pessoas e grupos isolados, uma vez que a direita não tem força para enfrentar a organização dos trabalhadores e dos estudantes quando esses realizam um ampla mobilização, como se viu em diversos atos nas universidades, nas ruas etc.

É preciso construir e organizar comitês de luta contra o golpe, agrupando o maior grupo de pessoas nos bairros, escolas, faculdades, locais de trabalhos, fábricas, etc., dispostas a lutar e se defender desses ataques brutais e convocá-las à participar da II Conferência Nacional de Luta contra o Golpe e o fascismo. A atividade acontecerá nos dias 8 e 9 de dezembro, na capital de São Paulo e contará com diversas lideranças políticas e companheiros de todo o Brasil. Participe!