Dia de Hoje na História
Brasil não apenas conquistou seu primeiro título em 1958, mas, conquistou uma grande vitoria contra o imperialismo e os grandes capitalistas que controlam o futebol no mundo.
39473492_303
Copa do mundo de 1958, primeiro título do Brasil, com apenas 17 anos na época, Pelé brilhava. | Foto: Reprodução/DW Brasil

Perto de completar seu milésimo jogo, não tem como não falar da seleção brasileira de 1958, o melhor time de todos os tempos. O Brasil foi campeão mundial pela primeira vez no dia 29 de junho contra a seleção da Suécia no estádio de Rosunda, pelo placar de 5 a 2 em Estocolmo. 

O estádio que tinha quase 50 mil pessoas, virou um verdadeiro palco de um grande jogo. Uma das finais mais importantes de todas as copas, contava com uma grande atração, Edson Arantes do Nascimento (Pelé), revelado pelo Santos, Pelé em 1958 tinha apenas 17 anos, o atleta mais jovem que disputou uma copa do mundo até hoje. 

O jogo, iniciou-se com a seleção brasileira saindo atrás no placar logo no início da partida, porém, ainda no primeiro tempo, Brasil, segurou a pressão do anfitrião e antes mesmo da segunda etapa, tomou vantagem terminando o primeiro na frente do placar. 

A partida em si, resumiu-se em uma grande atuação do Rei do futebol que anotou seis gols na maior competição entre todos os esporte do mundo. Na vitória por 5 a 2 na final, Pelé, marcou duas vezes, Váva duas vezes e um de Zagalo.

O destaque da seleção é considerado até hoje, o maior e melhor jogador de futebol de todos os tempos. O atleta em geral tem 1.360 partidas oficiais em sua carreira e 1.281 gols marcados. Até mesmos os companheiros de equipe na época o admiravam tanto quanto os torcedores brasileiros. 

“Pelé é um monstro de outro mundo”, certa vez disse Garrincha, outro craque da época.

O Brasil, campeão do mundo por cinco vezes, de longe, obtém o melhor futebol entre todos os países, fato que levantou uma grande campanha por setores ligados ao imperialismo para desvalorizar os jogadores brasileiros e suas conquistas. Pelé, por ser negro e melhor jogador de todos os tempos, conquistando o título de Rei do futebol, é alvo principal do imperialismo que usa a imprensa capitalista e até mesmo a FIFA como uma ferramenta para reprimir seus feitos.

O primeiro título da seleção brasileira não é uma conquista apenas para o futebol, mas, uma conquista da classe trabalhadora contra o imperialismo e os capitalistas que controlam o futebol no mundo, esses mesmos, mostram claramente até hoje que odeiam os brasileiros, principalmente nossos melhores jogadores. A mesma campanha de perseguição que sofre Pelé, sofre centenas de outros jogadores, como exemplo Neymar.

Relacionadas
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments