Mais obrigação, mais rejeição
Cresce o número de pessoas que se negam a tomar a vacina contra COVID19, uma taxa de 9% em um mes, segundo pesquisa
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
2020-09-22T110854Z_1_LYNXNPEG8L0WO_RTROPTP_4_SAUDE-CORONAVIRUS-RUSSIA-SEGUNDAVACINA-min
O Estado não deve ter o poder de obrigar as pessoas, deve-se fazer uma campanha de convecimento | Foto: Reprodução

Uma pesquisa realizada pelo PoderData de 23 de dezembro revela que a rejeição a uma vacina contra a COVID-19 cresceu cerca de 9 pontos percentuais em um mês. A taxa foi de 19% para 28% para pessoas que “com certeza” não irá tomar a vacina. É uma parcela grande da população, deve-se realizar uma campanha de convencimento para resolver esse problema, uma obrigação é extremamente antidemocrática. O Estado não deve obrigar a população a colocar uma substancia que uma pessoa não queira em seu corpo. 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas