25 de fevereiro de 1948 – Partido Comunista assume o governo da Tchecoslováquia

a

Ao assumir o governo da Tchecoslováquia em 1948, o Partido Comunista encerrou o período da Terceira Republica.

Criada dos ombros do Império Austro-Húngaro pelo tratado de Saint-Germain-en-Laye, a Tchecoslováquia foi um país que existiu na Europa Central entre 1918 e 1992, reunindo num mesmo estado os checos e os eslovacos.

No final da década de 1930, o país foi invadido e ocupado pela Alemanha Nazista. Durante a ocupação, seguiu-se uma enorme repressão (como os nazistas fizeram em todos os lugares que ocuparam). No entanto, como também ocorreu em diversos países, a população resistiu nos grupos de partisans, compostos pela esquerda, os comunistas e operários, que, com uma popularidade crescente, finalmente derrotaram os alemães.

Após a segunda guerra, a Europa estava convulsionada por uma onda revolucionária, que levou o povo a derrotar os nazistas. O Partido Comunista ganhou crescente apoio popular, embora fosse controlado pelo stalinismo.

O Exército vermelho da URSS ocupou os países do Leste Europeu quando expulsou os nazistas da URSS, e acabou implantando estados operários como na Tchecoslováquia, evitando assim que os trabalhadores tomassem o poder de maneira independente e em suas próprias mãos e colocando uma burocracia no governo.

Golpe de Praga, una victoria de la URSS