Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Bomba nuclear Atol de Biquini
|

Hoje fazem 73 anos que os EUA detonaram a 5ª bomba nuclear da história da humanidade, como parte da Operação Encruzilhada (Crossroads no inglês), que foi uma série de dois testes nucleares (um atmosférico, outro aquático) realizados no verão de 1946.

Cada detonação teve potência de 21 quilotons de TNT. O teste chamado Able detonou a uma altura de 158 metros a 1 de julho de 1946. O teste chamado Baker foi realizado a 27 metros abaixo da superfície do mar a 25 de julho de 1946. Foram a 4ª e 5ª explosão nuclear, após o teste Trinity e os bombardeios de Hiroshima e Nagasaki, todos feitos pelos EUA.

Foram os primeiros testes levados a cabo nas ilhas Marshall, e também as primeiras a ser publicamente anunciadas antes inclusive de sua conclusão. Um terceiro teste, chamada Charlie foi anulado devido à elevada contaminação radioativa produzida pelo teste Baker.

Como parte de um total superior a 90 de “navios alvo”, participaram o encouraçado japonês Nagato, o cruzador alemão Prinz Eugen, o porta-aviões estadounidense USS Saratoga (CV-3) e o encouraçado da Classe Wyoming, USS Arkansas (BB-33).

Os testes tiveram como objetivo testar os danos a navios atingidos por detonações nucleares.

O objetivo da detonação da bomba denominada Baker era verificar quantos navios afundariam com a explosão. O teste foi mais bem sucedido que o realizado com a bomba Able: a detonação debaixo da água criou uma onda de choque que rompeu os cascos dos navios. A bomba foi fundeada e detonada a 27 metros abaixo da linha d’água. O navio anfíbio LSM-60 estava no ponto zero e nenhuma parte identificável desta embarcação foi encontrada; presumiu-se ter sido o navio vaporizado pela bola de fogo.

Tal como ocorreu depois da detonação da Able, todas as embarcações em um raio de um quilômetro foram seriamente danificadas – desta vez, foram atingidas por baixo. Depois do teste, procedeu-se à descontaminação da área, o que se provou ser mais difícil desta vez: apenas cinco navios ficaram livres da radiação; os demais tiveram que ser afundados. O alvo real: 252 navios de guerra antigos, 156 aviões e um exército de 5,4 mil ratos, bodes e porcos que circundavam o atol.

Esse episódio da história mostra a hipocrisia dos EUA, que inventaram a bomba atômica e fizeram vários testes nucleares, atacarem outros países como o Irã ou a Coreia do Norte para que eles não tenham armas nucleares. O imperialismo criou as armas nucleares e quer monopolizá-las para melhor oprimir os países atrasados. É direito dos países oprimidos terem armas nucleares.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas