Parabéns ao Rei do Futebol
Data marca aniversário do maior jogador de futebol de todos os tempos, Pelé.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
19/11/1969. Crédito: Indalécio Wanderley/O Cruzeiro/EM/D.A Press. Brasil. Rio de Janeiro - RJ. O jogador Pelé do Santos durante o pênalti no qual marcou seu milésimo gol em cima do goleiro Andrada do Vasco em partida válida pelo Robertão, no estádio Maracanã.
Vista de trás do gol do milésimo gol de Pelé. | Foto: Indalécio Wanderley/O Cruzeiro/EM/D.A Press

No dia 23 de outubro de 1940 nasceu o maior ícone do futebol mundial, Edson Arantes do Nascimento, o rei Pelé. O craque brasileiro é um dos pioneiros do “futebol bonito”, junto com Garrincha e outros. É impossível negar a influência do futebol de Pelé tanto no futebol brasileiro quanto no resto do mundo.

Diferente do que se pensa, o futebol de Pelé não era apenas “malandragem”, mas a junção da inteligência, habilidade, técnica e dedicação atlética. Talvez o rei do futebol tenha sido o primeiro atleta a estar em tão alto nível em todas essas características.

Outro ponto bastante relevante na sua carreira foi ter começado a jogar no time principal do Santos com apenas quinze anos e pela seleção brasileira com dezesseis. Ele também é o jogador mais jovem a jogar uma final de Copa do Mundo, em 1958, com 17 anos e 249 dias.

Já na sua segunda Copa do Mundo, em 1962, Pelé lesionou-se no segundo jogo e ficou fora pelo restante da competição. Coube a Garrincha, outro gênio, levar o Brasil ao seu segundo título mundial.

A terceira Copa com participação de Pelé, em 1966, foi marcada eliminação precoce do Brasil e pela extrema violência utilizada pelos adversários contra Pelé. O fato o levou a se “aposentar” das Copas do Mundo, o que foi revertido em 1969, quando convencido a jogar a Copa de 1970.

Na Copa de 1970, Pelé brilhou, com gols e atuações fantásticas, levando o Brasil e a ser três vezes do mundo, algo inédito até então.

O rei se aposentou da seleção em 1971. Um fato curioso é que quando Garrincha e Pelé estiveram em campo, a seleção nunca perdeu partida alguma.

Pelo Santos, Pelé teve passagem tão brilhante quanto pela seleção, sendo campeão da Libertadores e do Mundial por duas vezes (1962 e 1963). Outros recorde impressionante foram seus 58 gols no título paulista de 1958. Além, é claro, dos seus mais de 1000 gols na carreira, um feito batido apenas por poucos jogadores.

Em 1967, a Nigéria estava envolvida em uma guerra civil, mas ambos os lados da disputa concordaram em um cessar-fogo de 48 horas para que pudessem assistir ao craque brasileiro disputar uma partida amistosa em Lagos, capital da Nigéria. Isto é prova definitiva que o esporte tem importância nas relações sociais, diferentemente do que é pregado pela direita e por parte da esquerda pequeno-burguesa.

Mais do que tudo, é preciso deixar claro que Pelé é um dos grandes patrimônios que o Brasil já teve. A pessoa Pelé pode até ser alvo de polêmicas, mas isto tudo não passa de discussão marginal, pois o que realmente importa é legado que ele deixou para o futebol brasileiro e mundial. Antes de Pelé, o futebol brasileiro era apenas mais um. Após Pelé, o Brasil tornou-se o país do futebol.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas