FSLN do foquismo ao parlamento
Frente Sandinista de Libertação Nacional, teve como maior Líder Daniel Ortega. Foi fundada por Carlos Fonseca ano de 1961, com Sede Manágua, Nicarágua
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
hoje-na-histc3b3ria-202000719
Nas ultimas eleições em 2016, Daniel Ortega (FSLN) foi novamente reeleito, ao obter 72,4% dos votos. | "Foto: Reprodução".

Frente Sandinista de Libertação Nacional, teve como maior Líder Daniel Ortega. Foi fundada por Carlos Fonseca ano de 1961, com Sede Manágua, Nicarágua. Inicialmente pregava como Ideologia o Sandinismo, uma espécie de “Socialismo democrático”, “Socialismo cristão”.

Augusto César Sandino, nome reivindicado pela Frente Sandinista de Libertação Nacional, nasceu em Niquinohomo, aos 18 de maio de 1895 — Manágua e morreu aos 21 de fevereiro de 1934. Foi um revolucionário nicaraguense líder da rebelião contra a presença militar dos Estados Unidos na Nicarágua entre 1927 e 1933.

Foi rotulado como bandido pelo governo dos Estados Unidos, suas ações torná-lo-iam um herói em grande parte da América Latina, onde é considerado um símbolo da resistência à dominação estadunidense. Levando os Fuzileiros Navais dos Estados Unidos a uma guerra não declarada, sua organização guerrilheira sofreu duras derrotas. Ainda assim, escapou a diversas tentativas de captura.

Já a Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN) é um partido político socialista fundado em 1961. Em 1979, a FSLN derrubou o ditador Anastasio Somoza Debayle, acabando com a dinastia da família Somoza e estabelecendo um governo revolucionário em seu lugar.

Contudo, após conquistarem o poder, os sandinistas governaram a Nicarágua de 1979 a 1990, primeiro como parte de uma Junta de Reconstrução Nacional. Após a renúncia de membros centristas da Junta, a FSLN passou a governar o país com exclusividade a partir de março de 1981.

Neste mesmo ano é formado os Contras, grupo financiado e apoiado pelos Estados Unidos para derrubar o governo sandinista. Em 1984 foram realizadas eleições livres. Os opositores ao FSLN conquistaram quase um terço dos assentos no parlamento, que sofria constante pressão de guerrilha dos Contras. Nas eleições seguintes perderiam a liderança do país.

Certo é que FSLN perdeu as eleições de 1990 para Violeta Barrios de Chamorro, após reformar a constituição em 1987. Entretanto, conseguiu manter um número significativo de assentos no parlamento. Ainda hoje a FSLN é um dos dois maiores partidos políticos da Nicarágua, ao lado do Partido Liberal Constitucionalista.

Nas eleições gerais de 2006, o ex-presidente Daniel Ortega foi novamente eleito, com 38,7% dos votos, após dezesseis anos de governos oposicionistas. Em novembro de 2011 Ortega foi reeleito, assumindo seu terceiro mandato presidencial, com 62% dos votos.

Por fim, em novas eleições em 2016, Daniel Ortega foi novamente reeleito, ao obter 72,4% dos votos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas