Dia de Hoje na História
O conquistador ergueu a cidade que hoje corresponde à capital argentina em 1536
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
segunda-fundacion-buenos-aires-por-juan-de-garay-en-1580
Quadro da primeira fundação de Buenos Aires, pintado por José Moreno Carbonero | Foto: Reprodução

A cidade de Buenos Aires foi fundada duas vezes. A primeira, em 1536, foi quando o colonizador espanhol Pedro de Mendoza estabeleceu o primeiro núcleo populacional, batizado de Ciudad del Espiritu Santo e Puerto de Santa Maria del Buen Ayre. A segunda fundação e definitiva da atual capital argentina ocorreu em 1580, por Juan de Garay, denonimada Ciudad de Trindade.

Pedro de Mendoza (1499-1537), nascido em Granada e proveniente de família nobre, foi um militar a serviço da Coroa espanhola. Ele é considerado o conquistador e fundador de Buenos Aires, bem como o primeiro governador do Rio da Prata. A chegada dos espanhóis na América se insere no contexto do período das Grandes Navegações, momento histórico em que Portugal e Espanha se expandiram sobre todo o continente americano e partes da Ásia e África, até então inexplorados pelos europeus. Mendoza dedica-se a luta pela conquista do território sul-americano, e, após uma série de derrotas frente aos nativos, resolve voltar à Espanha em 1537. Muito doente, morreu em alto-mar,  próximo das Ilhas Canárias, em 23 de junho desse mesmo ano. Diversos tipos de doenças figuram entre as principais causas de mortes entre os conquistadores.

O processo de colonização e conquista do território americano pelos espanhóis deu-se com a subjugação dos povos nativos. Os Incas, Maias, Astecas e uma infinidade de outros povos indígenas foram derrotados militarmente e conquistados pelos espanhóis. Ainda que se destaque a violência da conquista, marcada por uma série de guerras, os conquistadores foram responsáveis por criar, desenvolver e unificar os povos americanos sob uma única administração. A imposição da língua espanhola pela metrópole aos nativos criou uma imensa comunidade de falantes do idioma espanhol e uma cultura continental que que projeta sua influência em âmbito global.

Com o término da conquista militar, que durara cerca de quatro décadas, a Coroa Espanhola vai consolidar sua administração sobre um vastíssimo território, que abrangia a América do Norte, a América Central, o Caribe e grande porção da América do Sul. Por um período, os espanhóis obtiveram a supremacia no comércio mundial e participaram de uma série de guerras na Europa.

O Império Espanhol na América se dividia, administrativamente, no Vice Reinado da Nova Espanha, Capitania Geral da Guatemala, Capitania Geral de Cuba, Vice-Reino do Peru, Vice-Reino da Nova Granada, Capitania Geral da Venezuela, Capitania Geral do Chile e Vice-Reinado do Rio da Prata.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas