Desemprego nos EUA
Na última semana 5,2 milhões de pessoas deram entrada no seguro desemprego nos Estados Unidos, totalizando 22 milhões de pessoas em 4 semanas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
REUTERS/Lucas Jackson
Trabalhadores em fila de agência de empregos. Imagem: REUTERS/Lucas Jackson |

Da redação – mesmo sendo o país mais rico do planeta, os Estados Unidos são o centro da pandemia mundial de coronavírus. Para piorar a situação, quem paga a conta pela crise na economia e na saúde é o trabalhador.

Os EUA, além de não darem conta de salvar a vida da população, não possuir equipamentos para proteção e permitir que os trabalhadores se contaminem, já colocou mais de 22 milhões de pessoas no olho da rua depois que a crise se iniciou. Só na última semana, mais 5,2 milhões de pessoas deram entrada no seguro desemprego.

A estimativa é a de que o país entre em uma grave recessão, assim como todo o planeta, o que vai colocar ainda mais problemas para os trabalhadores caso não se organizem.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas