700 anos de opressão
A organização revolucionária dos irlandeses apesar de sucessivas derrotas levou à Declaração de Independência e posteriormente ao reconhecimento da Irlanda como estado livre .
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
S._Hogan_-_Flying_Column_No._2,_3rd_Tipperary_Brigade,_IRA_-_1921
Exército Republicano Irlandês. Foto : Internet |

Em 21/01/2020 completam 101 anos da Declaração de Independência da Irlanda. A declaração foi um documento do parlamento da República da Irlanda em sua primeira Reunião em Dublin em 21 de janeiro de 1919.

A Declaração foi a confirmação da Proclamação dos rebeldes da Páscoa em 1916 avançando no estabelecimento de fato de órgãos políticos que emancipavam o povo irlandês.

Em seu texto o parlamento trazia as seguintes palavras:

“Os representantes eleitos do antigo povo irlandês no Parlamento Nacional reuniram-se, em nome da nação irlandesa, ratificaram o estabelecimento da República da Irlanda e comprometem-se a nós e ao nosso povo a tornar essa declaração eficaz por todos os meios ao nosso alcance (…) Declaramos solenemente que o governo estrangeiro na Irlanda é uma invasão de nosso direito nacional que nunca toleraremos e exigimos a evacuação de nosso país pela Guarnição Inglesa.”

A Irlanda por 700 anos foi dominada pelos ingleses e diversas guerras e insurgências foram travadas em resposta à dominação e exploração pelos ingleses, como a notória Rebelião da Páscoa em 1916 , que embora tenha sido reprimida , lançou as sementes organizativas do que seria a Declaração de Independência em janeiro de 1919. A revolta de Páscoa foi a mais significativa na Irlanda e a primeira ação armada do período revolucionário irlandês. Os líderes foram executados, porém despertou o apoio popular à independência da Irlanda, influenciando em 1919 nos resultados eleitorais e na subsequente declaração.

A Grã- Bretanha não aceitou a declaração, e a luta pela independência finalmente foi conquistada em 1922 , e a Irlanda declarada Estado Livre. Os fatos históricos demonstram que a Independência da Irlanda assim como outras nações seja fruto da organização revolucionária do povo em prol de sua emancipação e contra a dominação capitalista.

O contexto da luta de emancipação Irlandesa se dá em plena agitação e crise capitalista resultante da Primeira Guerra Mundial e da Revolução Soviética que impulsionava tanto o descontentamento histórico pela exploração capitalista inglesa como também como também a certeza da vitória sobre a coroa britânica.

A história de luta do povo irlandês contra a opressão e exploração pelos ingleses, a sua capacidade de organização que resultou na formação do IRA , organização de luta armada do povo, e sua persistência nos seus objetivos apesar das sucessivas derrotas, mostra que a vitória é possível diante das condições de decadência e desmoronamento da economia capitalista mundial.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas