21/07 na quadra dos Bancários: ativistas de todo o País se reúnem na conferência contra o golpe

Former Brazilian President Luiz Inacio Lula da Silva is carried by supporters in front of the metallurgic trade union in Sao Bernardo do Campo

A atividade de luta mais importante do ano está a poucas semanas de acontecer. A Conferência Nacional de Luta Contra o Golpe, que reunirá ativistas de todo o país, irá ocorrer nos próximos dias 21 e 22, na cidade de São Paulo.

A Conferência de Luta Contra o Golpe vem sendo construída desde a plenária dos comitês de luta contra o golpe durante o ato de primeiro de maio. Aberta a todos os interessados em travar a luta contra os golpistas, a Conferência Nacional será fundamental para organizar uma verdadeira mobilização contra o golpe – isto é, uma mobilização que coloque o governo golpista em xeque e que seja capaz de anular o impeachment e libertar o ex-presidente Lula e colocá-lo na Presidência.

Devido à sua importância, várias pessoas e organizações já confirmaram presença ou declararam apoio à Conferência Nacional Aberta de Luta Contra o Golpe. Vagner Freitas, presidente da CUT, Gleisi Hoffman, presidenta do PT, e muitos outros sindicalistas e figuras de destaque da luta contra o golpe estão entre elas.

A Conferência Nacional Aberta de Luta Contra o Golpe será também uma necessária luta contra os setores “abutres” da esquerda nacional, que querem “virar a página do golpe” e deixar Lula mofando na cadeia. A Conferência não servirá para promessas vazias ou demagogia parlamentar: será o eixo de uma mobilização revolucionária que permita aos trabalhadores “fazerem com as próprias mãos o que lhes diz respeito”.

Não deixe de participar da Conferência Nacional Aberta de Luta Contra o Golpe, a partir do dia 21 de julho, na Quadra dos Bancários. Para se inscrever ou para mais informações, basta entrar em contato através do sítio dos comitês de luta contra o golpe.