Menu da Rede

Bolsonaro está com os dias contados?

Dia de Hoje na História

21/02/1948: Publicado “O Manifesto do Partido Comunista”

Karl Marx e Friedrich Engels publicam o Manifesto do Partido em 1848, na cidade de Londres. A publicação ocorre em meio aos levantes revolucionários de 1848.

Manifesto Comunista de Karl Marx e Friedrich Engels. – Reprodução

Em 21 de janeiro de 1848, o Manifesto do Partido Comunista, documento programático escrito por Karl Marx e Friedrich Engels, é publicado na Europa.

Os dois militantes do movimento operário escrevem o Manifesto para a Liga dos Comunistas, como expressão de seu programa e propósitos políticos. A publicação ocorre em meio à Revolução de 1848, chamada de Primavera dos Povos, que sacudiu a Europa com levantes revolucionários em distintos países.

A Liga dos Comunistas foi uma associação, primeiramente de alemães, depois de caráter internacional. O Congresso da Liga tinha acontecido em 1847. A tarefa de redação de um documento programático foi passada para Karl Marx, que envia o manuscrito para a gráfica em janeiro de 1848. A polícia prussiana se dedica à repressão do Comitê Central da Liga Comunista, localizada na cidade alemã de Colônia. Os seus membros foram presos, e depois de dezoito meses, foram julgados, em 1852, sete a penas de prisão entre três a seis anos, em uma fortaleza.

O texto é um dos mais influentes e difundidos da literatura mundial. Marx e Engels escrevem de maneira didática e simples, de forma que um operário não tivesse dificuldades de ler e compreender o conteúdo. Os principais conceitos do marxismo se encontram no documento, como as concepções de burguesia e proletariado, luta de classes, modo de produção, capitalismo, feudalismo, socialismo, meios de produção, propriedade privada.

Como tudo na trajetória de Marx e Engels, o Manifesto é dedicado ao combate dos trabalhadores, um instrumento de intervenção na luta de classes naquele momento. Nas primeiras páginas se diz que um “espectro ronda a Europa, o espectro do comunismo”.

No desenvolvimento do texto, Marx e Engels demonstram como se deu a superação da sociedade feudal e a emergência do sistema capitalista. O capitalismo desenvolveu em escala inédita as forças produtivas, materializada no surgimento da indústria moderna. A partir disso, criou-se o sistema mundial que interligou as nações, o mercado mundial e uma verdadeira revolução nos sistemas de comunicação e transportes. Todos os povos do mundo foram dominados pelo modo de produção capitalista.

As contradições internas do capitalismo criam as condições para sua superação pelo socialismo. Para derrubarem a burguesia, que já se converteu em um freio para o desenvolvimento das forças produtivas, os trabalhadores devem se unificar na luta pelos seus interesses e desencadear um avanço sem precedentes nas forças produtivas com o fim da propriedade privada dos meios de produção. Karl Marx e Friedrich Engels terminam o Manifesto com a célebre frase, que sintetiza todo um programa: “proletários de todo o mundo, uní-vos!”

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.