Para os patrões e o INSS, o trabalhador doente não merece nenhum respeito

Foi concedido, em segunda instância, no último dia 5, a sentença de um trabalhador em frigorifico da cidade de Dourados, município de Mato Grosso do Sul, referente a um processo contra o Instituto Nacional de seguro Social (INSS). Após oito anos recebendo o auxílio-doença por tendinopatia, em março de 2014, teve alta automática do INSS […]