20 tiros: jovens negros são executados em Vitória

Dois jovens negros foram executados no Morro da Piedade, localizado no centro de Vitória, Espírito Santo. Os moradores foram assassinados de maneira brutal, onde pelo menos cada um foi atingido por mais de 20 tiros disparados. As vítimas são os irmãos, Ruan Reis de 19 anos  e Damião Reis de 22. Os jovens não possuíam qualquer tipo de envolvimento e ou ação suspeita, como muitas vezes a policia usa como justificava para a morte de moradores da periferia. Pelo contrário, ambos possuíam grande engajamento com a comunidade, conforme relataram moradores.

O fato se deu na madrugada de domingo (25), e o  que se sabe é que quatro homens abordaram os irmãos no quintal de casa. Os mesmos procuravam por alguém que os irmãos não sabiam dizer quem era, e por isso resolveram levar um dos irmãos, usando o termo “averiguação” para justificar a saída com um dos irmão (Ruan), logo gerando reação imediata em Damião, que viu que seu irmão estava sendo levado e foi atrás do grupo pedindo que não o levassem.

A tentativa de Damião de resolver a situação e conseguir levar seu irmão de volta pra casa, a ação gerou no grupo de homens uma rápida reação, momento este onde fizeram os disparos contra os irmãos no exato momento que Damião se colocou a frente de seu irmão na tentativa de protegê-lo.

As apurações feitas até momento indicam que foram mais de 60 tiros disparados, uma aberta execução. Foram identificados 20 disparos contra Ruan e 22 contra seu irmão Damião. Os motivos ainda são desconhecidos, as afirmações são de que os jovens foram vítimas da presente guerra ao tráfico no Morro da Piedade, mas o que se sabe, é que a morte dos jovens possui um grande caráter suspeito recorrente da ação de policiais e de grupos de extermínios dos quais são motivados pela mesma.