Siga o DCO nas redes sociais

Surge A organização Criminosa
18/09/1947: é fundada a CIA, agência de golpes dos EUA
No dia 18 de setembro de 1947, era oficialmente formada nos Estados a Central Intelligence Agency (CIA), que a partir dali se tornaria a principal agência imperialista no mundo
The seal of the Central Intelligence Agency is displayed in
Surge A organização Criminosa
18/09/1947: é fundada a CIA, agência de golpes dos EUA
No dia 18 de setembro de 1947, era oficialmente formada nos Estados a Central Intelligence Agency (CIA), que a partir dali se tornaria a principal agência imperialista no mundo
Quartel general da CIA. PHOTOGRAPH BY ANDREW HARRER — BLOOMBERG VIA GETTY IMAGES
The seal of the Central Intelligence Agency is displayed in
Quartel general da CIA. PHOTOGRAPH BY ANDREW HARRER — BLOOMBERG VIA GETTY IMAGES

No dia 18 de setembro de 1947, era oficialmente formada nos Estados a Central Intelligence Agency (CIA), que a partir dali se tornaria a principal agência imperialista no mundo, responsável pelo assassinato de opositores ao regime norte-americano, por conspirações em todos os cantos do mundo e por uma quantidade gigantesca de golpes de estado.

A CIA se estabeleceu como organização chave do imperialismo em sua intervenção nos países atrasados. Seus métodos e todo financiamento por trás, a faz estar presente em todas as nações, ultrapassando até mesmo a experiente agência de inteligência britânica.

Desde sua fundação, a CIA jamais escondeu seu caráter fascista, surgindo ao final da segunda guerra mundial com o pretexto de coletar e reunir informações em nome da “defesa nacional” dos Estados Unidos.

Porém, o envolvimento da CIA nos países de todo o mundo vai além do mero ataque à instituição, promovendo assim uma ampla variedades de formas de boicotar e financiar grupos políticos por toda a parte. Sendo responsável pelo financiamento e organização de tráfico de drogas, comprovados por documentos, pela ação em conjunto com grupos terroristas com o intuito de tomar o controle de regiões como o oriente médio, como também hackeando a privacidade de cidadãos comuns, desenvolvendo programas como o Weeping Angel com o intuito de invadir Smart TVs.

Da mesma forma com que eram formados os grupos fascistas italianos, a CIA ficou conhecida desde seu princípio como uma organização formada por 50% de policiais e 50% de criminosos, pagos pelo imperialismo para fazer o trabalho sujo, tornando-se assim a ferramente principal dos capitalistas em nível internacional.

O momento, em que foi criada a organização, não poderia ser mais propício para o imperialismo. Pois, por todo o mundo atrasado, estouravam revoltas populares em nome da libertação destes países frente ao controle imperialista que os mantinha em estado semi-colonial.

Além disso, acompanhando a revolta operária mundial, a crise borbulhava também dentro do próprio Estados Unidos, com a classe operária e todos os movimentos democráticos impulsionando a luta para seu auge. Graças a isso, a criação de uma agência interventora na situação foi a medida encontrada pelos capitalistas no intuito de conter, custe o que custar, a revolta da população.

Dessa forma, vemos o envolvimento da CIA em um gigantesco número de golpes de estado por todo mundo e outras ações, como por exemplo:

  • Golpe no Chile: Responsável por financiar opositores a Salvador Allende, e patrocinar o golpe e a ditadura de Augusto Pinochet, ajudando na tortura e assassinato de milhares em todo Chile.
  • Golpe no Brasil: A CIA teve fundamental importância em todos os golpes que aconteceram no Brasil desde sua fundação. Financiando os militares no golpe de 64, promovendo escolas de torturas por toda América Latina. Além disso, teve importante papel no golpe de estado de 2016, e no grampeamento telefônico da então presidente da república, Dilma Rousseff.
  • Invasão do Iraque: Grande responsável pela fabricação de provas falsas que diziam existir armas químicas no Iraque, algo que serviu como pretexto ao imperialismo para invadir e causar uma destruição em massa por todo país.
  • Programa de tortura: Revelado por atuais e ex-oficiais da organização, foi criado durante o governo de George Bush diversas técnicas de tortura com o objetivo de “quebrar” o prisioneiro. Utilizando-se de afogamento, choques elétricos, estupros etc.
  • Experimentos envolvendo seres humanos: A CIA executou um programa ilegal e clandestino responsável por fazer, sem qualquer consentimento, e muitas vezes seque conhecimento das vítimas, uma série de experimentos em seres humanos. O programa denominado MKULTRA realizou tentativas de debilitar o indivíduo nas interrogações e almejava o controle da mente.

Com isto, a CIA é provavelmente a maior entidade criminosa da história da humanidade, assassinando, torturando milhares de pessoas de todos os países, além de atacar a privacidade, derrubar governos e promover massacres nunca antes vistos. Por isso, o fim da CIA e a derrubada completa do imperialismo se torna, cada vez mais, uma necessidade mundial para a libertação de todos os povos.