Siga o DCO nas redes sociais

Dia de Hoje na História
15/02/1931: PCP publica pela primeira vez o Avante!, jornal do partido
Em meio a ditadura de Salazar, os trabalhadores organizam um jornal clandestino e enfrentam o fascismo
avante (1)
Dia de Hoje na História
15/02/1931: PCP publica pela primeira vez o Avante!, jornal do partido
Em meio a ditadura de Salazar, os trabalhadores organizam um jornal clandestino e enfrentam o fascismo
Jornal Avante! Foto: Gabinete de Estudos Sociais do Partido Comunista Português
avante (1)
Jornal Avante! Foto: Gabinete de Estudos Sociais do Partido Comunista Português

No dia 15 de fevereiro de 1931, em plena ditadura salazarista, é fundado o jornal Avante!. O órgão oficial do Partido Comunista Português, que teve sua fundação em 6 de março de 1921, inicialmente teve rodagem irregular, devido as condições de clandestinidade daquele ano em que, Antônio de Oliveira Salazar, ainda era o Ministro das Finanças.

Desde o golpe de Estado militar da direita, em 1926, avançava o ataque contra as organizações operárias, sufocando assim, toda a vida política de Portugal. Este era o período da Ditadura do Estado Novo, aniquilando as ações sindicais, manifestações de quaisquer tipo, a cultura e a vida em geral.

Rolão Preto, criador das milícias fascistas em Portugal, líder do Integralismo Lusitano, os Camisas Azuis

Salazar neste período era do centro católico, onde já dominava a política de extrema-direita dentro das fileiras cristãs, e em 1928 ingressa como ministro para controlar de forma técnica as contas de Portugal. Porém, a extrema direita vendo os pontos fracos da ditadura, começa a controlar algumas ações por dentro e aos poucos Salazar é escolhido pelos fascistas para comandar.

Neste cenário, onde a extrema direita organizava seus sindicatos, jornais, para destruir a democracia operária existente, surge a necessidade de um jornal, o Avante!  Aqui é importante expressar o seu papel enquanto jornal comunista, que Lénin definiu como sendo de agitador colectivo, propagandista coletivo, divulgando e defendendo o Programa, ideologia e posições políticas do Partido. Desta ação, aumenta o estimulando a formação política de militantes e simpatizantes e o debate partidário, conectando as aspirações e lutas dos trabalhadores e das classes e camadas sociais em meio a opressão fascista.

Edição do Avante! de 1961 trazendo o direcionamento da luta de classes de massas e alertando os grupos armados de seu erro

Este jornal livre e independente dos grandes grupos econômicos e financeiros que controlavam a generalidade dos órgãos de comunicação social, denunciou para as massas as mentiras que a burguesia dizia, escondia e explicava outro ponto de vista que não o do grande capital e do imperialismo.

A comemoração deste grande jornal que enfrentou a sanguinária ditadura de Salazar, precisa pontuar o poder teórico e prático que este tipo de ação carrega. É preciso reafirmar a importância de um jornal independente como nos ensinou Marx, Engels, Lenin, Trotsky e tantos outros revolucionários na história da luta de classes. O jornal é o primeiro militante. O jornal é o programa do partido, um abarcado de debates históricos, de outros países, da Internacional Comunista, trazendo as demandas e anseios dos trabalhadores em todo o mundo.

Que a burguesia trema frente a organização operária revolucionária internacional!