13 de novembro de 1887: Domingo Sangrento em Londres, polícia reprime 30 mil manifestantes

domingo

Um dos momentos históricos mais marcantes da luta dos trabalhadores na Europa, o Domingo Sangrento, como ficou conhecido, foi um episódio de violenta ação policial contra a população revoltosa, que saiu às ruas de Londres em protesto contra o desemprego, a repressão na Irlanda e a prisão do membro do parlamento William O’Brien.

Além de milhares de policiais guardas do exército também foram usados na repressão que resultou na prisão de 400 pessoas e em ferimento grave para outras 75. O total de pessoas no protesto foi de 30 mil, o que é para os padrões da época, uma número gigantesco.

A dimensão e a ferocidade do enfrentamento entre a polícia e a população fizeram do Domingo Sangrento um fato relevante que forçou o debate sobre questões sociais até então ignoradas por setores da classe média e burguesia.