Dia de hoje na história
No ano de 1953, o rei do Camboja Norodom Sihanouk consegue a independência de seu país da França
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Norodom-Sihanouk-Cambodia-Paris
O rei do Camboja na época de sua independência, Norodom Sihanouk | Foto: Reprodução

O Camboja é um território cuja fundação remete ao ano de 802, quando Jayavarman II declarou-se rei do país e marcou o início do chamado Império Khmer, que ainda perdurou por mais de 600 anos. Esse regime imperial dominava boa parte do sudeste asiático. No entanto, após a sua queda, o Camboja passou a ser governado, alternadamente, por seus países vizinhos Tailândia e Vietnam, o que por si só já consiste numa submissão de seu povo. 

No século XIX, o rei Norodom, colocado no governo do Camboja pela Tailândia, pediu proteção aos franceses contra os vizinhos tailandeses e vietnamitas, em um período em que as tensões entre os reinos estavam se agravando profundamente. Em 1867, o rei abriu mão da soberania do Camboja em favor da França, tornando o país uma colônia francesa. Em troca, ele recebeu o controle das províncias de Battambang e Siem Reap, que foram anexadas à Tailândia. O Camboja passou a ser um protetorado da França, integrado à chamada Indochina Francesa.

No ano de 1941, assume o rei Norodom Sihanouk, herdeiro das duas famílias que sempre estiveram em conflito pelo poder no Camboja, marcando um importante período da história do país. Em 1953, ele exige que o país se torne independente da França e se exila na Tailândia até conseguir o que exigira. No dia 9 de novembro, a França cede e concede ao Camboja a sua independência, conquistada novamente após quase 100 anos de uma colonização violenta e exploradora por parte do país europeu. A independência se dá após a Segunda Guerra Mundial, visto que o poder político da França havia sido consideravelmente enfraquecido pelo conflito. 

O Camboja ainda se aliou com o Vietnã, ajudando o país a esconder seus combatentes durante o conflito contra os Estados Unidos. Nesse momento, sofreu diversos ataques do país imperialista, levando a uma grande devastação do seu território. Posteriormente à guerra, teve origem o Khmer Vermelho, seguidores do partido de Pol Pot, que passou a governar o Camboja, nomeado agora como República Popular de Kampuchea até o início dos anos 1990.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas