DIa de Hoje na História
A SS foi a maior e mais importante milícia nazista. Nascida de dentro de outra milícia, a SA, a SS que no início possuía poucas pessoas, chegou a ter mais de um milhão
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Parade of the SS Guard, the Nazi elite, at a Party rally in Nurmberg in the late 1930s. (Photo by: Photo12/Universal Images Group via Getty Images)
SS em desfile: getty images |

A SS, sigla de Schutzstaffel, que em alemão significa tropa de proteção, foi uma milicia fascista utilizada pelos nazistas para diversos fins durante o período de existência do Partido Nazista na Alemanha. Foi a maior de todas as milícias alemãs, sendo a responsável pela criação e manutenção dos campos de concentração utilizados contra judeus, comunistas e outros opositores do regime nazista.

Nascida de dentro de uma outra milícia, a SA – milícia que perderia importância após a chegada dos nazistas ao poder -, a SS teve seu início sob o nome de Stabswache (guarda de proteção) por se tratar de uma milícia de defesa dos líderes nazistas em comícios e outros eventos nazis.

Após a tentativa de golpe de estado na Baviera por parte dos nazistas em 1923, conhecido como Putsch da Cervejaria, ambas as milícias foram postas na ilegalidade pelo governo alemão, porém, retornariam em 1925. Nessa época, a milícia mudaria de nome, se tornando a guarda pessoal de Adolf Hitler sob o nome de Stosstrupp Adolf Hitler.

Nesse mesmo ano a SS muda novamente de nome, para Schutzstaffel, nome que levaria até o fim de sua existência. Com a nova mudança de nome, a milícia passou a ter um caráter mais importante dentro do partido nazista. Porém, só em 1929, quando Hitler nomeia Heinrich Himmler como líder da SS é que essa se tornará realmente importante.

Sob as ordens de Himmler, a SS passou por inúmeras mudanças de organização, chegando a abranger mais de um milhão de pessoas e dirigir inúmeras organizações, sendo a Gestapo (polícia secreta) a mais famosa delas. Durante a Segunda Guerra, a SS criaria ainda mais grupos nazistas, como a Allgemeine-SS, organização dos majores da SS, responsável por controlar o grupo Germanic-SS, organizações que funcionavam dentro dos países invadidos pela Alemanha; a Waffen-SS, braço armado da SS responsável por agir na guerra em paralelo ao exército nazista; a SS-Totenkopfverbände (Unidade da caveira, ou unidade da morte) responsável direta pelos campos de concentração nazistas; a Leibstandarte SS Adolf Hitler, grupo criado antes da guerra, mas que continuou a agir durante ela como guarda particular de Hitler. Outras organizações como uma cavalaria, uma corregedoria que investigava assuntos internos da SS, organizações médicas e de assassinos profissionais surgiram também. Todos esses agrupamentos eram dirigidos pela SS-Hauptamt, centro de comando de toda a organização.

Após a chegada dos nazistas ao poder, grande parte das instituições militares e policiais da Alemanha se fundiram formalmente com a SS, porém, sabe-se que uma grande parcela da SS já era formada anteriormente por pessoas de dentro das forças armadas e policiais do país.

A milícia agiu diretamente durante a invasão e manutenção de outros países durante a guerra, como a Polônia, a França e os países balcânicos. Alguns grupos também foram destacados para agir contra agrupamentos revolucionários e guerrilheiros, como os conhecidos partisans de diversos países.

Após a Segunda Guerra, a SS foi julgada como uma organização criminosa. Seus líderes foram julgados e executados nos Julgamentos de Nuremberg.

Quer saber mais sobre a SS, as milícias alemãs e fascistas? Assista aos vídeos da 43ª e 45ª Universidades de Férias do PCO sobre o Fascismo, o que é e como combatê-lo.

https://www.youtube.com/watch?v=9TG9DUAkqFA&list=PL6exWLai3Il3cMB6Bha5EpUfuJjTOrA0q

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas