Dia de Hoje na História
Os Estados Unidos despejaram 6 mil toneladas de bombas no ataque aéreo contra a cidade de Osaka. A cidade industrial japonesa foi transformada em um amontoado de escombros.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
1200px-Incendaries-b29
Bombardeios B-29 americanos despejam toneladas de explosivos sobre Osaka. | Foto: Reprodução.

No dia 1º de Junho de 1965, ocorreu o bombardeio da cidade de Osaka.

Osaka era uma importante cidade industrial japonesa, cuja população contava com mais de 3 milhões de habitantes. A cidade apresentava importante concentração de indústrias e era o polo industrial mais importante do Extremo Oriente. Osaka foi um dos principais centros da indústria pesada, conhecida pela sua construção naval, ferro, aço, rolando obras de ações, bem como metais não-ferrosos. Além disso, foi notável pela sua produção de hélices de aeronaves, munições e material bélico, têxteis, aços especiais, fios, equipamentos elétricos, produtos químicos, instrumentos e máquinas e máquinas-ferramentas, particularmente rolamentos anti-fricção.

No decorrer da 2º Guerra Mundial, Osaka adquiriu – pelo seu caráter industrial -importância estratégica para a sustentação do esforço de guerra japonês. Com a guerra no continente europeu terminada, o centro dos combates deslocou-se para o pacífico, entre as forças do Império Japonês que se negavam a assinar uma rendição e os Estados Unidos da América. Desnecessário apontar que as capacidades bélicas dos Estados Unidos eram infinitamente superiores as das forças japonesas.

Osaka foi atacada por uma frota de 274 poderosos B-29, os super bombardeiros americanos. Ao todo,  6 mil toneladas de explosivos foram despejadas sobre a cidade, no que pode ser classificado literalmente como uma chuva de bombas. Este foi um dos dez maiores bombardeios da 2ª Guerra Mundial. A cidade da indústria japonesa, um dos orgulhos do país, foi transformada em um ferro velho a céu aberto e a população massacrada. Os EUA não registraram baixas de membros da tripulação durante o ataque. Entre os dias 6 e 9 de Agosto do mesmo ano, os EUA lançam duas bombas atômicas sobre as cidades de Hiroshima e Nagasaki, fato que obriga o governo imperial a assinar a rendição incondicional do Japão.

O bombardeio de Osaka foi mais uma obra de horror produzida pelo imperialismo americano. Mais uma obra de caridade dos Estados Unidos na luta da “democracia” contra o fascismo e o eixo do mal.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas