Estado policial: Alemanha vai multar quem xingar

Compartilhar:
Estado policial: Alemanha vai multar quem xingar

Artigo publicado originalmente pela Deutsche Welle e reproduzido pelo portal UOL dá conta da existência na Alemanha de legislação rigorosa para punir ofensas verbais principalmente se dirigidas contra autoridades ou seus representantes. As punições em forma de multa podem ir de € 150 a € 4.000.

O artigo é um exemplo do gosto da imprensa brasileira por banalidades venham de onde vierem. A Alemanha por sua vez é um país onde jornalistas podem ser comprados por US$ 100 e alguns publicam matérias que recebem já prontas da CIA. A Deutsche Welle que só veicula para o exterior é uma filha da guerra fria cuja a missão naquela ocasião era mostrar ao mundo, principalmente ao terceiro mundo, o sucesso e a superioridade do regime capitalista em face dos regimes comunistas.

Embora não seja a intenção do artigo ele nos remete ao fato de que a Alemanha Ocidental pós-guerra, para onde fugiam os “amantes da liberdade”, hoje reunificada, nunca foi o paraíso das liberdades formais burguesas que as chamadas democracias ocidentais tanto se orgulham. Partidos políticos fora dos limites do status quo tem sua existência dificultada ou são simplesmente proibidos. O surgimento e crescimento do Alternativa para a Alemanha, partido considerado de extrema direita, furando o bloqueio é sintoma do nível de desagregação atual do regime.

Além das dificuldades para a atividade partidária a dissidência sempre foi severamente reprimida. O tratamento dado aos membros do grupo Fração do Exército Vermelho após sua prisão lembra os métodos do regime nazista.

Rascunho automático 67

Por outro lado e tendo em vista o momento político atual do Brasil onde mesmo na esquerda existem setores que acreditam que punição é solução o retratado no artigo poderia ser colhido como sugestão.

artigo Anterior

Venezuelanos alertam para risco de invasão por parte da Colômbia

Próximo artigo

Alemanha: Grande coalizão entra em Crise e extrema-direita se prepara para colher os benefícios

Leia mais

Deixe uma resposta