ACM Neto, o capanga oficial da Rede Globo

Compartilhar:
ACM Neto, o capanga oficial da rede globo.

Na noite do último sábado (10), o prefeito de Salvador (BA) Antonio Carlos Magalhães Neto, o ACM Neto (DEM) autorizou que funcionários da prefeitura da cidade impedissem que técnicos da TVE colocassem câmeras no circuito Barra Ondina durante a transmissão do carnaval da cidade.

Segundo a versão oficial da prefeitura, as câmeras impediam a passagem de duas rotas de fuga ali nos arredores, o que iria atrapalhar a passagem das pessoas, provocando aumentando assim a gravidade de eventuais incidentes.

Mas a verdade é outra. ACM Neto, filiado ao DEM, integrante da linha de frente na trincheira da corja golpista que derrubou Dilma Rousseff, uma presidenta legitimamente eleita em 2016, vem mostrando os reais motivos por trás do processo de impeachment farsesco, fraudulento e criminoso; Entregar as riquezas nacionais aos imperialistas, liquidar com a nossa economia e jogar o Brasil em uma miséria jamais vista na história do país.

E faz parte do processo de entrega das riquezas nacionais também a desmoralização, ataques sistemáticos a empresas estatais, e com a TVE não seria diferente; em uma ação feita claramente para favorecer a Rede Globo, peça de fundamental importância no golpe de Estado e mais diretamente ligada ao imperialismo estrangeiro, o prefeito, se portando como um capanga oficial, um jagunço que cumprindo ordens de superiores, sabota sistematicamente e descaradamente uma TV estatal e de patrimônio público, com o objetivo curto e médio prazo, privatizá-la e entregar a preço de banana aos imperialistas ou a própria rede globo.

Campanha Financeira 3

É preciso mais do que nunca, denunciá-lo, assim como uma ampla mobilização contra o golpe e todos os seus capangas que enxergam a chance de enriquecer às custas da miséria e do sofrimento de um país inteiro. Ainda mais em se tratando de ACM Neto, um descendente direto de Antônio Carlos Magalhães, um legítimo coronel que aterrorizou o estado da Bahia até a sua morte em 2007.

artigo Anterior

Palmas: sem água na torneira por três dias

Próximo artigo

Venezuelanos alertam para risco de invasão por parte da Colômbia

Leia mais

Deixe uma resposta