Não à prisão de Lula

Compartilhar:
Grossomodo 18

Após a condenação por unanimidade no TRF4, Luiz Inácio Lula da Silva corre perigo de ser preso até o fim de fevereiro. Vários setores da imprensa golpista discutem essa possibilidade, e o Judiciário já está se mexendo para atender ao desejo da burguesia imperialista. Os próprios advogados do ex-presidente já admitem a possibilidade, e a Polícia Federal procura negociar que Lula se entregue.

Isso não pode acontecer. Os golpistas veem Lula como uma ameaça mortal, querem prendê-lo agora, depois da derrota no TRF4, enquanto os trabalhadores ainda não se recuperaram do impacto, ele corre risco de prisão agora no mês de fevereiro.

Esta pressa não é sinal de força, mas uma ação oportunista dos golpista, atacar quando o povo está disperso, pois se estiver organizado minimamente, correm risco de derrota catastrófica.

Neste momento não há mais esperança em recursos judiciais, mas há toda a esperança na mobilização do povo, ela pode ser vitoriosa, nos grandes atos de Curitiba impedimos a prisão de Lula em 2016.

Já existe um movimento de vigília em frente ao apartamento do ex-presidente, em São Bernardo, e é preciso que se mobilizem vários setores para ocupar toda a cidade do ABC paulista. Se os golpistas quiserem prender Lula, terão de passar por cima de todos que estão do lado do povo brasileiro.

E esse povo não pode parar por aí. É preciso fortalecer a proposta de Congressos do Povo, e chamar uma série de setores da sociedade para estabelecer uma proposta popular para a política, por uma nova assembleia constituinte verdadeiramente controlada pelas organizações populares.

É preciso, desde já, mobilizar a população contra a prisão de Lula. Não podemos deixar que a direita golpista avance mais um centímetro no golpe. Se eles conseguirem, depois do impeachment, acabar com a CLT, congelar gastos em educação e saúde, ainda prender a maior liderança popular do País sem reação seria uma catástrofe para todo o movimento popular e a esquerda.

Rascunho automático 67

A direita teme o povo, e este está absorvendo a notícia da condenação com extrema revolta, é preciso chamar todos os partidos da esquerda, a CUT, o MST e todas as organizações populares a transformarem este sentimento de revolta em ação, ocupar São Bernardo do Campo e impedir a prisão de Lula. Fora todos os golpistas! Não à prisão de Lula!

artigo Anterior

De 1929 à segunda guerra mundial

Próximo artigo

É preciso uma mobilização revolucionária contra a prisão de Lula e o golpe

Leia mais

Deixe uma resposta