Governo golpista corta verba de maior hospital universitário do Sul

Compartilhar:
Governo golpista corta verba de maior hospital universitário do Sul

O maior hospital universitário do Sul do país, Hospital de Clínicas de Porto Alegre, teve os repasses cortados neste ano. O hospital utilizava o dinheiro para o aprimoramento de seus equipamentos médicos, que até o momento eram de ponta. O pretexto dado pelo Ministério da Saúde para o fato é que os repasses serão destinados apenas a hospitais que atendam 100% ao SUS (Sistema Único de Saúde), entretanto isso não passa de uma desculpa dos golpistas para os seus cortes.

Desde que os golpistas tomaram o poder com a derrubada de Dilma Rousseff, os serviços públicos estão sofrendo cortes de diversas naturezas, tendo como objetivo não o mero sucateamento, mas o fim de todo serviço público. Por conta disto, a educação e saúde, duas áreas públicas com grande peso orçamentário, estão sendo amplamente atacadas.

O Hospital das Clínicas de Porto Alegre era contemplado com as verbas do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF), utilizadas para evitar que seus equipamentos ficassem sucateados. O hospital, que destina 10% de leitos para os convênios, gasta em média 20 milhões de reais ao ano com a aquisição de novos equipamentos médicos.

Rascunho automático 67

O descaso com o Hospital das Clínicas de Porto Alegre, responsável por mais de 600 mil consultas ao ano e 34 mil internações, mostra o objetivo dos golpistas em destruir todos os serviços públicos. A crise impõe ao conjunto da burguesia golpista este tipo de política de rapina, na qual o resultado mais claro é o de tornar o país uma terra arrasada.

artigo Anterior

O saque do imperialismo à economia nacional. Petrobrás condenada a pagar 3 bilhões de dólares à agiotagem internacional

Próximo artigo

Repressão! Militantes do PCO são detidos pela PM por colagem de cartaz em defesa de Lula

Leia mais

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: