Novo Fies impede acesso de jovens ao ensino superior

Compartilhar:
Novo Fies impede acesso de jovens ao ensino superior

A imprensa golpista está a toda hora fazendo uma propaganda enganosa sobre o Fies (Financiamento do Ensino Superior ) que este ano terá 300 mil vagas sendo destas 100 mil sem juros, porém é tudo mentira pois a lei sancionada no dia 07 de dezembro de 2017, conseguiu desagradar as universidades e principalmente aos estudantes que não tem mais vagas oferecidas pelo Fies, portanto a grande maioria fica sem fazer sua faculdade.

O Brasil um país de dimensões continentais possui uma grande demanda para ensino universitário, porém a oportunidade so chega para 16% dos jovens. Em 2016 houve uma estagnação no número de matriculas, gerando portanto uma redução no número de ofertas a jovens ao ensino superior. Em 2017 com estas medidas a situação tende a piorar.

Entre 2014 e 2016 aumentou de 22,5 % para 25,8% para jovens com idade de 25 a 28 anos sem trabalho e sem ocupação e sem educação. A crise criada em 2016 afeta de maneira direta os mais pobres e os de cor preta, criando uma barreira para que estes não possam frequentar a universidade. Segundo o Atlas de Violência de 2017 (IPEA), mais de 318 mil jovens foram assassinados no Brasil entre 2005 e 2015. Apenas em 2015, foram 31.264 homicídios de pessoas com idade entre 15 e 29 anos. Os homens jovens continuam sendo as principais vítimas e, a cada 100 pessoas assassinadas no Brasil, 71 são negras.

O financiamento do ensino superior é uma necessidade pois a grande maioria das famílias tem rendas entre um a dois salários mínimos, algumas chegam a cinco salários. Como estas famílias vão custear os estudos dos seus filhos sem Fies, Prouni, o Programa de Estímulo à Reestruturação das Instituições de Ensino Superior (Proies), Programa Ciências Sem Fronteiras, Bolsas Capes, CNPq e outros. Uma Política de Apoio ao Estudante de Estado não é somente necessária, mas condição para jovens pobres acessarem a educação superior.

Rascunho automático 67

O novo Fies com 310 mil vagas em 2018 e 100 mil a juro zero tem um dado concreto o afastamento da universidade de uma grande parte da nossa juventude. O Brasil não é apenas uma país pobre mas um país com muitos pobres. O próximo alvo dos golpistas é acabar com a gratuidade das universidades públicas estaduais e federais.

artigo Anterior

“Agilizem os processos e coloquem Lula atrás das grades”, diz general

Próximo artigo

Tem esquerda que jura que a intervenção militar é impossível

Leia mais

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: