Golpistas querem acabar com a gratuidade nas universidades públicas

Compartilhar:
Demagogia da direita não emplaca e paulistas são favoráveis a gratuidade das universidades estaduais

A direita golpista está cada vez mais empenhada em atacar os trabalhadores e retirar tudo o que possam ter, cobrando todos os serviços e atacando todo o serviço público. Tudo isso é feito com o objetivo de ampliar o saque que os golpista fazem ao país. Para tanto, a burguesia precisa ludibriar os trabalhadores para que aceitem todos estes ataques.
A última campanha que os golpista estão empenhados é na cobrança de mensalidades das universidades, colocando demagogicamente como uma cobrança das pessoas com maior renda. Apesar da boa intenção apresentada pelos golpistas, os paulistas não estão dispostos a perder seus direitos, sendo que a maior parte da população entende realmente o que está sendo colocado, o início das cobranças de mensalidades.

As universidades públicas europeias cobram mensalidades de todos, com valores muito variados para todas as faixas etárias. Inicialmente, as mensalidades eram cobradas apenas de uma pequena parcela, mas foram ampliadas e hoje são raros os estudantes que conseguem bolsas na Europa. No Brasil, ocorrerá o mesmo, por isso os trabalhadores sabem o que significa o fim da gratuidade.

Campanha Financeira 3

Os golpistas não precisam do apoio popular, isso faz com que não se possa baixar a guarda para todos os ataques que a universidade pública sofrerá. O golpe militar se organiza todos os dias com mais vigor e o fim da universidade pública será dado caso isso ocorra.

artigo Anterior

Primeira Análise Política da Semana busca esclarecer trabalhadoras para defesa de Lula em Porto Alegre

Próximo artigo

Participe da 41ª Universidade de Férias do Partido da Causa Operária

Leia mais

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: