Kirchner sobre Lula: a direita fará de tudo para impedir sua candidatura

Compartilhar:
Kirchner sobre Lula: a direita fará de tudo para impedir sua candidatura

A ex-presidente nacionalista da Argentina, Cristina Kirchner, denunciou a perseguição do judiciário às lideranças da esquerda latino-americana. Para ela, o ex-presidente Lula estaria sofrendo um “lawfare”, palavra de origem inglesa oriunda da junção de law – lei – e warfare – guerra, literalmente: guerra jurídica.

“Reorganização do aparato judicial, acusações com muito impacto e pouca consistência e, o mais importante, uma imprensa que tome lado na causa”, declarou Cristina por meio de suas redes sociais. Ainda mais, a ex-presidente, que também está sendo alvo de perseguição política em seu país, chamou todos os brasileiros a assinarem a petição em defesa do ex-presidente e revelou a causa da perseguição política a ele: “Lula só cresce em todas as pesquisas de intenção de voto em primeiro e segundo turno. A vitória de Lula será o fracasso do golpe que permitirá a abertura de um novo ciclo político. Portanto, para evitar que ele sela eleito, vale tudo!”

Campanha Financeira 3

A ofensiva do imperialismo na América Latina acabou levando à reação da esquerda nacionalista da região; Lula, Dilma, Gleisi, Kirchner, Maduro, Morales e Correa cada vez mais vem denunciando a política colonial que o imperialismo norte-americano que impor nos respectivos países por meio de golpes de estados e perseguições políticas. Desta forma, a manifestação do dia 24 de janeiro em Porto Alegre contra a condenação de Lula é primordial na atual etapa de desenvolvimento do golpe, em que querem prender o principal dirigente da população para aprofundar a política de ataques ao povo.

artigo Anterior

Coréia do Norte negocia com Coréia do Sul

Próximo artigo

Neoliberalismo em crise: Corbyn espera tornar-se primeiro-ministro ainda em 2018

Leia mais

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: