Comitês se mobilizam para I Plenária Nacional de Luta Contra o Golpe, em BH

Compartilhar:
Comitês se mobilizam para I Plenária Nacional de Luta Contra o Golpe, em BH

Comitês deLuta Contra o Golpe e Pela Anulação do Impeachment de todas as regiões do País estão preparando caravanas regionais para participarem no próximo fim de semana, dias 16 e 17, da I Plenária Nacional dos Comitês de Luta Contra o Golpe e pela Anulação do Impeachment, que se realizará na Escola Sindical, em Belo Horizonte.

Para o encontro estão sendo convidados além dos representantes dos comitês e movimentos de todo o País que participam da luta pela Anulação, representantes dos Partidos, como o PCO e PT, parlamentares que apoiam a Ação População pela Anulação do Impeachment que vem recolhendo dezenas de milhares de assinaturas nas atividades da luta dos explorados e nos mutirões realizados me locais de concentração, de trabalho e nos bairros populares, exigindo do STF (Supremo Tribunal Federal) que sejas julgado e revogado o processo fraudulento, comprado e cuja fase inicial foi presidida pelo ex-deputado e ex-residente da Câmara, o golpista Eduardo Cunha.

A Plenária se realiza em um momento da maior importância para a luta dos trabalhadores, quando se intensificam as consequências dos ataques do governo golpista com a entrada em vigor da reforma trabalhista, desde 11 de novembro,  o aumento das demissões (que tendem a crescer ainda mais após o fim do ano) e muitos setores da esquerda apontam no sentido de abandonar a luta contra o golpe, “virar a página”, e se lançar apenas à uma suposta disputa eleitoral que está ameaçada de não ocorrer, como se vê na ameaças de golpe militar de chefes do Exército; ou que no caso de se realizarem estão ameaçadas de ocorrerem em meio de um processo de fraude e manipulação, começando pela possível prisão e cassação dos direitos políticos do ex-presidente Lula, diante da evidente incapacidade da burguesia de ter um oponente que possa derrotar, em eleições minimamente democráticas, o candidato apoiado pela imensa maioria das organizações operárias e populares e da juventude que lutaram contra o golpe.

O encontro vai fazer um balanço político da situação e da necessária luta contra no próximo período, seja por meio da mobilização em torno da Ação Popular pela Anulação do Impeachment, seja na luta contra a prisão de Lula, contra as reformas dos golpistas e, principalmente, na luta pelo fortalecimento e multiplicação dos Comitês de Luta em todas as regiões, diante das perspectiva de intensificação da polarização política em todo o País.

Rascunho automático 67

Interessados podem obter informações acessando a página do evento e as páginas dos comitês de luta contra o golpe e pela anulação do impeachment.

artigo Anterior

6 generais que você tem que conhecer, pois eles estão organizando o golpe militar

Próximo artigo

Militares querem impor reforma da Previdência só para o povo, não para eles

Leia mais

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: