Prefeito de São Bernardo é estagiário de João Doria

Compartilhar:
O dever de trabalho dos comunistas

O prefeito Orlando Morando (PSDB) de São Bernardo do Campo, em São Paulo, está seguindo o modelo de gestão do prefeito da Capital, João Doria.

Campanha Financeira 3

Além de perseguir os moradores em situação de rua, agora resolve diminuir o tempo de permanência dos mesmo no Albergue. Na gestão anterior a permanência de um morador em situação de era de um ano para dar oportunidade para o mesmo se recuperar. E até voltar para sua terra natal.

Agora o atual prefeito diminuiu o tempo do albergado para 15 dias. Isso mesmo, 15 dias! O motivo é óbvio a privatização, como de praxe da gestão do PSDB. O albergue está sendo negociado com o sacolão o qual o albergue faz fundos.

Agora quem vai segurar o problema é o centro POPE enquanto não arranja local para o novo Albergue (se o prefeito fizer novo Albergue). Agora fica a pergunta: para onde vão essas pessoas? O único lugar que essas pessoas tem é o Albergue. Com a privatização, eles terão o triste fim de sumir sem deixar rastros.

artigo Anterior

Coxinhas defendem a corrupção, a perseguição política e a intervenção militar

Próximo artigo

3ª Edição do programa Tição, o Aristocrata Clube

Leia mais

Deixe uma resposta