Situação do negro piora com o golpe

Compartilhar:
Situação do negros piorou depois do golpe

Se antes do golpe a situação do negro no Brasil já não era a melhor, no momento em que ele se aprofunda a vida da população pobre e que em sua maioria é negra tende a piorar. Segundo dados realizados recentemente, se constatou que a situação do negro no DF (Distrito Federal) se agravou após a crise gerada pelos golpistas que acabaram com a economia do país. O estado registra o maior número de negros que não possuem emprego e ou quando estão empregados recebem salários menores.

Rascunho automático 67

No boletim feito pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), foi mostrado o abismo de diferença salarial entre negros e brancos, o negro está colocado em cargos menos privilegiados, onde correm o risco de perder o emprego e recebendo 60% do renda de uma pessoa não negra. Sendo assim, a situação da população negra já está ruim a muito tempo, mas o que se pode ver, se dão pelas medidas que foram feitas pelo governo golpista com a retirada de direitos que atinge direitamente a população negra.

Outro dado apontado foi sobre o desemprego, que por parte dos negros aumentou para 18,1% enquanto a taxa de desemprego entre não negros foi para 15,7%. A imprensa burguesa tenta disfarçar os dados dizendo que a crise que culminou no golpe, aumentou o desemprego para todas as raças, desconsiderando todo desamparo social com a população negra e pobre que possui os dados mais alarmantes.

Segundo 0 subsecretário de Igualdade Racial do DF, o problema do desemprego exorbitante dessa população se resolveria com o empreendedorismo, sendo uma forma de emancipação do negro. Em sua afirmação o subsecretário diz que o negro “sempre foi empreendedor”, ao que parece se justifica como só mais uma política que visa minimamente resolver o problema do negro. Não se fala em inclusão do negro nos setores de mais privilégio, com melhores salários, se fala em “capacita-lo” para conseguir o mínimo para se sustentar.

Nesse sentido, a luta do povo negro deve ser pela emancipação das pessoas que compõe mais da metade da população e que são as mais oprimidas pelo Estado burguês, essa luta deve ser efetivamente a luta contra o golpe que agravou sua situação e pela anulação do impeachment, com a formação de comitês de luta contra o golpe.

artigo Anterior

Presidente do BB prepara mais um ataque ao Plano de Saúde dos Funcionários

Próximo artigo

USP: Professores temporários ou escravos assalariados ?

Leia mais

Deixe uma resposta