Colunista ao vivo do dia

Compartilhar:
Colunista ao vivo do dia 5

No Colunistas ao vivo de sábado, o companheiro Edson Dorta voltou ao assunto da candidatura da deputada estadual pelo PCdoB no Rio Grande do Sul, Manuela D’Ávila à presidência da república em 2018. A legenda deve lançar a sua candidata, que na atual conjuntura política, favorece muito mais a direita golpista do que a esquerda.

Rascunho automático 67

Para competir com Lula, a esquerda está lançando algum candidato do PSOL (Guilherme Boulos, Luciana Genro como os mais cotados), Ciro Gomes (PDT), a própria Manuela D’Ávila (PC do B), Aldo Rebelo (PSB), e Marina Silva (REDE), não para fomentar um debate como eles alegam, mas para embarreirar o candidato mais ligado às massas como o ex-presidente e agora candidato pelo PT. Nenhuma dessas “Alternativas” a Lula levanta a questão do enfrentamento do golpe, nem do enfrentamento às reformas e nem nada parecido. Basta dar uma boa olhada no programa deles, como a da própria Manuela D’Ávila por exemplo, para constatar que o que eles oferecem é o mais do mesmo, uma proposta puramente administrativa e artificial, sem nenhuma conexão com a realidade e tão pouco um engajamento

E agora, fazem o jogo da direita ao inflar o número de candidatos de esquerda para atrapalhar a verdadeira possibilidade de vitória eleitoral sobre a direita golpista. Verdade seja dita; Manuela D’Ávila é uma candidatura totalmente à direita em um momento de golpe de Estado em andamento pelo qual passamos. O único apoio que essa esquerda merece é o apoio ao golpe de estado e o iminente golpe militar, fora isso, nada para eles.

artigo Anterior

O “conselho de ética” do PMDB julga Kátia Abreu insurgente

Próximo artigo

Eleições: todos contra Lula

Leia mais

Deixe uma resposta