Temer, um funcionário da Shell

Compartilhar:
Temer funcionário da Shell

Um documento vazado da chancelaria britânica comprova que o governo do golpista Michel Temer trabalha para os interesses da Shell, empresa multinacional petrolífera anglo-holandesa.

Rascunho automático 67

No governo de Temer, a multinacional, que apoiou o golpe, teve todos os seu pedidos atendidos com prontidão. O governo golpista concedeu redução de impostos à Shell, acabou com a fiscalização dos crimes ambientais que ela produziu e ainda ajudou que ela derrotasse suas concorrentes nacionais.

O documento britânico revela que o secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Paulo Pedrosa, era o agente infiltrado da Shell no governo, facilitando a situação para a companhia internacional ganhar muito dinheiro com as riquezas no País.

Se não bastassem esses privilégios, o governo Temer ainda proporcionou aos capitalistas dessa multinacional a obtenção da maioria das bacias do pré-sal brasileiro, leiloado recentemente pelo governo golpista considerado por muitos como o roubo do século, devido ao baixíssimo custo que essas companhias de petróleo do capital estrangeiro conseguiu no Brasil.

Esse “presente”, que o governo golpista proporcionou à Shell, já ultrapassa as cifras dos trilhões.

Diante de tanta evidência e provas de que o governo golpista está no poder para pilhar as riquezas do País para agradar os interesses capitalistas das grandes multinacionais do imperialismo, a população brasileira necessita se organizar e derrubar o golpe de Estado, antes que os golpistas utilizem a força bruta, a intervenção militar, para darem continuidade a esse brutal assalto ao nosso País.

artigo Anterior

Charge por Renato Aroeira

Próximo artigo

Abaixo a ditadura golpista no Rio, apoiada pela esquerda pequeno-burguesa

Leia mais

Deixe uma resposta