Aos amigos, tudo; aos inimigos, a lei

Compartilhar:
Aos amigos, tudo, aos inimigos, a lei

Gilmar Mendes foi flagrado tendo conversas com o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Eles conversaram por 46 vezes via WhatsApp. Nada de anormal, não fosse pelo fato de Gilmar Mendes estar julgando Aécio Neves no Supremo Tribunal Federal (STF).

Rascunho automático 67

Gilmar Mendes, que em 2016 participou do golpe que derrubou a presidenta Dilma Rousseff, agora entrou no radar dos golpistas mais ligados ao imperialismo. Os verdadeiros donos do golpe não querem ninguém no caminho deles, nem mesmo o auxílio da elite local, como tem se comprovado nos últimos meses. Exemplo disso é todo o aparato se voltar para figuras como Gilmar Mendes e Renan Calheiros, estes mais ligados às elites locais.

Quando as conversas grampeadas de Dilma Rousseff e Lula foram parar no Jornal Nacional, da rede Globo, Gilmar Mendes nada fez, se não observar tudo de longe. Agora, ele sente os seus direitos de cidadão violados também.

Mas fato é que, não importa quem esteja sendo investigado, cassado e perseguido, se é parte da elite local ou mais ligado aos imperialistas estrangeiros, os filhos da elite jamais serão punidos. Esperar que Aécio Neves seja punido por seus notórios e mais do que conhecidos crimes de corrupção é o mesmo que esperar pela volta de São Sebastião.

A saída, na verdade, não está na punição de tradicionais políticos corruptos da direita, mas no aprofundamento da luta contra o golpe de Estado e contra todas as suas instituições.

artigo Anterior

UnB: golpistas colocam pesquisas em risco com vistas a privatizar a universidade

Próximo artigo

Política dos golpistas fará país passar por um novo racionamento de energia

Leia mais

Deixe uma resposta