Sindicalistas de SP e RJ, como previsto, entregam greve da categoria dos Correios

Compartilhar:

No dia hoje (05-10), os sindicalistas do PCdoB da “federação fantasma” (Findect), das bases de SP e RJ, sintonizados com a proposta de rebaixamento salarial e ataque ao plano de saúde da categoria, aprovaram nas suas “assembleias” de capangas o fim da greve da categoria e aprovação da proposta patronal da ECT/TST.

Rascunho automático 67

O sindicalistas da “federação fantasma”, como por “coincidência”, marcaram assembleia no dia 05 de outubro às 10 horas da manhã, dois dias antes da proposta apresentada pelo golpista ministro do TST (Tribunal Superior do Trabalho), Emmanoel Pereira.

Tendo a assembleia marcada em menos de 24 horas depois da audiência do TST, os trabalhadores de SP e RJ conseguiram digerir a proposta horrível do ministro e os capachos da direção da ECT, liderados pelo sindicalista pelego, Elias Divisa já estava colocando a aprovação da proposta que é pior do que a proposta que as mesmas assembleias do RJ e SP recusaram entrando em greve.

A proposta anterior era de 3% nos salários, pagos a partir de janeiro de 2018, enquanto a proposta atual é de 2.07% pagos a partir de agosto de 2017. Sendo que o que mais preocupa os trabalhadores que é o ataque ao Plano de saúde continua na mesma, ou seja, nas mãos do TST, que após a greve vai referendar sua posição, publicada anteriormente, o de pagamento de mensalidades no plano de saúde da categoria dos correios.

É importante ressaltar que a direção da ECT e o TST só consegue manobrar na campanha salarial com a Findect por que a direção da Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios) que é a única entidade nacional representativa da categoria, não só permite, como faz uma dobradinha com os capachos dessa “federação fantasma”.

Na quarta-feira, dia 4, após a proposta ridícula do ministro, os sindicalistas da Fentect (PT, PSTU, PSOL, Intersindical e LPS) se reuniram para tomar uma posição e orientar as assembleias e resolveram se omitir, dizendo que só posicionariam no dia de hoje, ou seja, após as assembleias dos sindicalistas pelegos e capachos da “federação fantasma”.

Na prática entregaram a greve nas mãos daqueles que nunca quiseram a greve e trabalharam em conjunto com a ECT para não sair a greve, para depois se apresentarem como grandes lutadores, que não são. Já que estão há três anos se escondendo de trás dos pelegos, mas fazendo o mesmo que eles, jogando os trabalhadores para sua demissão.

artigo Anterior

Em vários Estados a ida ao dia 11, já está organizada

Próximo artigo

Participe das Atividades Culturais do PCO no Próximo Sábado (07/10)

Leia mais

Deixe uma resposta