Militares preparam o golpe

Compartilhar:

A declaração do general Hamilton Mourão na última semana, acompanhada pela entrevista do comandante geral das Forças Armadas, o general Eduardo Vilas Boas, para a rede Globo, além de outras declarações de generais e oficiais, escancaram um fato: os golpistas planejam um golpe militar no País.

Rascunho automático 67

As declaração vieram precedidas de informações como a da revista Istoé que noticiou que houve uma reunião da cúpula militar que discutiu a intervenção militar dias antes da declaração de Mourão. Outra notícia foi a reunião com 100 generais e oficiais da reserva e da ativa, comandada por Vilas Boas.

Tudo isso deixa claro que o golpe militar não é uma possibilidade remota, mas uma realidade, ou seja, já configura entre os planos centrais dos donos do golpe. A esquerda pequeno-burguesa fecha os olhos para esse fato e com isso paralisa o movimento de luta que é o único capaz de derrotar o avanço da direita.

Por isso, uma das tarefas centrais é uma ampla campanha de propaganda contra o golpe e de denúncia dos militares. É preciso mobilizar a população nos bairros e nas fábricas Para isso, está na ordem do dia a formação dos comitês de luta contra o golpe e a mobilização para o dia 11 de outubro, transformando o ato em Brasília em uma grande manifestação contra o impeachment e o golpe militar.

artigo Anterior

Quebra de máquinas por falta de manutenção é motivo para afastamento de trabalhadores

Próximo artigo

A luta dos trabalhadores da Polar, a maior empresa privada na Venezuela

Leia mais

Deixe uma resposta