A reciclagem da frente que apoiou o impeachment na Rádio Causa Operária

Compartilhar:

No Rio de Janeiro, o ato de desagravo contra Gilmar Mendes realizado pela frente política a favor do golpe buscou utilizar a imagem desgastada do Ministro do Supremo para fazer ato em favor da Lava Jato.

Rascunho automático 67

Artistas e procuradores do Ministério Público estão visando desfazer a polarização política do país por meio de uma aliança entre coxinhas e esquerdistas, colocando que é necessário uma união para a derrubada de Temer. Toda esta assimilação, que já é parte da política da esquerda pequeno-burguesa nacional, só serve para desestruturar a luta contra o Golpe.

A política de aproximação com os golpistas é suicida, pois quanto maior a assimilação aos coxinhas, mais campo é cedido para a direita e mais desmoralizada a luta contra o Golpe. Ao contrário do proposto, é necessário reorganizar o movimento de luta contra o Golpe.

Entenda este ponto por meio do trecho abaixo da última Análise Política da Semana realizada em 26 de Agosto de 2017. Tanto na Rádio Causa Operária, quanto no Causa Operária TV.

artigo Anterior

Congresso da CUT convoca luta contra as privatizações

Próximo artigo

Golpistas querem retorno dos manicômios

Leia mais

Deixe uma resposta