Primeiro-ministro Húngaro é novo alvo da imprensa imperialista europeia

Compartilhar:

Com o fiasco do imperialismo na Síria e com a discreta mas firme mudança política com relação à Rússia por parte da Europa Ocidental a imprensa imperialista já tem um novo vilão. Ele é Viktor Orban, Primeiro-Ministro da Hungria. Acusado pelo jornal “Le Monde” de tornar seu país uma espécie de “resort” para grupos radicais de extrema direita, desde sua ascensão ao poder Orban não é visto com bons olhos pelo consenso europeu. Abertamente contra o multiculturalismo da União Européia, tem se apresentado como defensor da preservação da cultura de seu país, fechou as fronteiras aos refugiados que transitavam pelo seu território, negou-se a adotar quotas para abrigo de refugiados além de criticar abertamente instituições europeias. Um de seus últimos atos que causou fúria nos meios políticos europeus foi o fechamento da Universidade Centro Europeia sediada em Budapest e pertencente a George Soros, famoso financista de origem húngara.

No plano externo Orban tem se afastado dos ditames da União Europeia principalmente no que diz respeito às relações com a Rússia com a qual tem mantido entendimentos quanto ao trânsito de gás através do seu território por meio de gasodutos. Sua tendência é aproximar-se do bloco econômico liderado pela Rússia e China.

Há que se ponderar que a existência de grupos neonazistas na Europa não é novidade. Eles sempre estiveram lá desde o final da segunda guerra mundial e sempre foram colaboradores ativos dos serviços secretos das potências imperialistas. Na Europa Oriental sempre foram particularmente virulentos. Na Ucrânia agem abertamente e participam do governo instalado pelo Ocidente.

Rascunho automático 67

Embora evidente o seu caráter direitista faltam fontes confiáveis para um conhecimento melhor do governo Orban. Tal conhecimento não virá por meio da imprensa europeia onde os jornalistas assinam artigos que já vem prontos dos serviços de inteligência dos governos imperialistas e podem ser comprados por cem dólares.

artigo Anterior

Golpistas querem que PT pague multa bilionária

Próximo artigo

Farc fundam partido político para disputar as eleições

Leia mais

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: