Golpistas pretendem deixar servidores federais sem reajuste no próximo ano

Compartilhar:

O governo golpista pretende anunciar nos próximos dias o adiamento do reajuste salarial dos servidores públicos federais para o próximo ano. A desculpa está no chamado rombo das contas públicas, o qual deverá ser maior do que o previsto anteriormente. Além de não conceder o reajuste, o governo pretende também realizar vários cortes nos benefícios, como auxilio moradia, vale alimentação, assim como no auxilio reclusão.

Campanha Financeira 3

Os golpistas estudam também estabelecer um teto salarial de R$ 5 mil para os servidores públicos federais em início de carreira. Os trabalhadores de todas as áreas deverão ser atingidos (Executivo, Legislativo e Judiciários, assim como os servidores que trabalham no Ministério Público e na Defensoria Pública).

Como foi dito anteriormente, o pretexto para os cortes é a diminuição dos gastos públicos. Na verdade uma desculpa esfarrapada, a mesma utilizada para justificar por exemplo a reforma da previdência. O que os golpistas querem mesmo, e esse foi um dos principais objetivos do golpe de estado, é atender de maneira integral os interesses dos grandes bancos e dos capitalistas internacionais.

Para tanto promovem um verdadeiro sobre assalto à economia do país, destroem por completo a indústria nacional, aumentam o desemprego, e acabam com as condições de vida dos trabalhadores, com o fim da CLT e da aposentadoria.

São verdadeiros parasitas a serviço do imperialismo. O ataque ao funcionalismo é só parte dessa política mais geral de ataque aos direitos dos trabalhadores. Devido ao congelamento dos gastos públicos, os servidores são um dos primeiros setores a sentirem o impacto do programa dos golpistas, no entanto, a população em geral está ameaçada com essa política.

Várias categorias já ameaçam entrar em greve no próximo período, é necessário impulsionar essa mobilização no sentido de convocar uma nova greve geral dessa vez por dois dias. Fortalecer também a formação dos os comitês contra o golpe, e a luta pela anulação do impeachment

 

artigo Anterior

Todo apoio aos catadores do Recife!

Próximo artigo

Dois anos da chacina na grande São Paulo

Leia mais

Deixe uma resposta