Nenhum imposto sobre os salários e o consumo!

Compartilhar:

O governo golpista está planejando aprovar uma reforma tributária enquanto o país está mergulhado no caos. O plano supostamente seria diminuir a burocracia, simplificando a tributação. Na verdade, porém, o essencial da reforma consiste em reduzir os impostos para empresas e operações financeiras. Se os empresários vão pagar menos, quem terá que pagar pelo Estado dos capitalistas são os trabalhadores.

Rascunho automático 67

Se a crise econômica exige uma nova forma de arrecadar impostos, que os trabalhadores deixem de pagar impostos sobre os salários e sobre o consumo. Os impostos sobre salários e sobre o consumo são uma forma de reduzir os salários dos trabalhadores. Os trabalhadores já são explorados nas empresas por seus patrões capitalistas. Por meio dos impostos, financiam o estado dos capitalistas e perdem parte de seu salário, devolvem para os capitalistas parte do dinheiro recebido como salário. Os trabalhadores não devem pagar impostos sobre salário e consumo.

O imposto deve vir da especulação financeira e dos lucros dos capitalistas. A direita golpista está tentando fazer o contrário, fazendo os trabalhadores pagarem ainda mais enquanto os capitalistas passariam a não pagar quase nada do que ganham com a exploração do trabalho alheio.

A defesa de uma diminuição dos impostos no marco da estrutura atual, em que os trabalhadores pagam muito imposto e os grandes empresários não pagam nada, é a defesa de uma dilapidação do Estado burguês. Essa destruição do Estado atingiria, obviamente, apenas os serviços públicos importantes para a população. Os trabalhadores, além de pagarem impostos, ficariam sem hospitais públicos, sem escolas públicas, sem nada. Toda a estrutura para atender à população ficará sucateada caso o golpe prevaleça.

Claro que o essencial para a burguesia seria preservado: um exército permanente e uma polícia sustentados pelos impostos dos trabalhadores, sempre prontos para reprimir a população em defesa dos poderosos. Especialmente diante do desamparo em que o povo vai ficar caso os golpistas consigam realizar toda a destruição que estão planejando.

artigo Anterior

Combate ao crack de Doria é higienização social

Próximo artigo

40% da população está com o nome sujo: resultado da política golpista

Leia mais

Deixe uma resposta