Passa de 5 mil o número de desabrigados pelas chuvas devido à política de destruição dos golpistas

Compartilhar:

Já passa de cinco mil pessoas desabrigadas no Rio Grande do Sul devido às fortes enchentes que ocorrem há quase um mês no estado. Diante do golpe e da política de austeridade dos golpistas, principalmente com o corte de verbas para os estados, a situação dos desabrigados será ainda pior, tendo em vista que o governo federal golpista e os governos estaduais, principalmente o do RS, de José Ivo Sartori (PMDB), que tem a mesma política golpista do governo federal, é o de não investir nenhum recurso nas áreas sociais e de infraestrutura dos estados.

Rascunho automático 67

Ao todo, já são mais de 125 cidades atingidas pelas chuvas e 52 municípios já decretaram situação de emergência. As principais cidades atingidas são: Uruguaiana, com 286 pessoas desabrigadas e 1.159 pessoas desalojadas; São Borja, com 193 desabrigados e 542 desalojados; São Jerônimo, com 170 desabrigados e 720 desalojados entre outras em situação de calamidade.

Com o golpe de Estado e sua política de corte brutal de verbas para os estados, além dos próprios governos estaduais que seguem a mesma lógica do governo golpista e que estão falidos, como é o caso do RS, a tendência é que não seja investido nenhum recurso em obras de infraestrutura para contenção de enchentes ou outros fenômenos naturais que atingem essas populações há muitos anos. Como dito em outras oportunidades, a política dos golpistas aponta apenas para um sentido: devastar econômica e socialmente o País. Nada de investimentos em benefício da população.

artigo Anterior

Contra promoção de filmes sobre FHC e Olavo, cineastas abandonam festival

Próximo artigo

Último contingente da tropa brasileira chega ao Haiti

Leia mais

Deixe uma resposta