JBS delata Lula e Dilma, mas provas concretas só contra Temer

Compartilhar:

Joesley Batista, dono da JBS, disse a Polícia Federal que transferiu US$ 150 milhões no exterior para campanhas de Lula e Dilma. A imprensa golpista, mais especificamente a Globo News, mostrou em rede nacional a gravação de Joesley Batista sobre o caso, a gravação da delação de Batista apenas.

Rascunho automático 67

A imprensa burguesa e os golpistas acharam mais um dedo-duro, que denunciou e soltou uma gravação de Temer comprando o silêncio de Cunha e de brinde ganharam mais uma delação sem provas de Lula e Dilma. Os golpistas vão precisar de mais do que palavras de delatores, precisam de provas contra Lula e Dilma, assim como existem provas concretas, uma gravação, contra Temer.

 

artigo Anterior

Polícia fascista do PSDB continua operação de extermínio na Cracolândia

Próximo artigo

Não às ameaças das forças armadas!

Leia mais

Deixe uma resposta